Conto de Traição: Eu casada dando para o cara da tv a cabo

O cara da TV a cabo marcou comigo de vir aqui para consertar um problema no meu sinal e eu como adoro uma putaria já tava imaginando se eles mandariam um cara gostoso ou um gordo feio todo suado e para a minha surpresa veio um moreno bronzeado de olhos castanho claro e alto. Acho que ele tinha mais ou menos 1,85 e se chamava Marcelo.

Desde o começo ele foi bem educado, conversamos e começou a rolar um clima com ele me olhando de cima abaixo, afinal eu tava usando um shortinho bem curto que mostrava a beirada da minha bunda e uma blusinha decotada que deixava boa parte dos meus peitos enormes a mostra. Modéstia a parte eu tenho uma bunda muito bonita e meu marido fica louco de tesão, sem falar que meus peitos são enormes e eu tenho uma barriguinha toda retinha.

Enfim, ele tava ali fazendo os reparos e eu andando pra lá e pra cá só vendo ele me secar, teve uma hora que ele pegou na rola e apertou, imaginei que ele tava morrendo de tesão por mim, nem concentrado no trabalho ele estava, e eu para provocar mais subi mais o short pra mostrar bem e fui ao meu quarto vestir um top e fiquei só assim.

Ele perguntou se eu era casada, que horas meu marido voltava e etc. e eu respondendo já sabendo o que ele queria, então quando ele acabou de ajeitar minha TV eu perguntei se ele queria tomar um vinho ou um suco e ele disse que como eu era a última casa do dia, ele aceitaria tomar um vinho.

Começamos a beber e conversar, ele falou da vida dele e só sei que o papo acabou em sexo, então eu na maior cara de pau sentei do ladinho dele e falei que tinha visto ele pegar na pica olhando pra mim e isso deixou ele mais a vontade pra falar que eu era gostosa, que não parou de olhar para a minha bunda e que ele tava sem conseguir se concentrar.

Então eu disse que a gente não precisava ficar só na vontade e coloquei minha mão no pau dele e que pauzão gostoso era aquele? bem grosso e cheio de veias pulsando, do jeito que eu gosto de uma piroca. Eu comecei a masturbar o Marcelo, ele não aguentou e pediu pra eu chupar, o que eu fiz com muita vontade, mamei mesmo naquele caralhho gostoso e ouvia ele soltar uns urros de prazer que deixaram minha boceta toda molhadinha.
casada
Eu peguei uma das camisinhas da gaveta do meu marido e dei para ele, assim que esse homem encapou o pau já me fez sentar todinha na sua rola grossa e doeu um pouco pra eu quicar porque era muito grosso, mas foi uma dor super gostosa que me deixou doida de tesão. A gente ficou ali, eu sentando no colo dele, ele chupando meus peitos com tanta força que tive que mandar ele parar pra não ficar marca e o meu marido ver.

Minha boceta escorria inteira em cima dele, ficamos ali, até que ele me botou de quatro no sofá e começou a bombar forte no meu cu enquanto puxava os meus cabelos e me chamava de vagabunda gostosa. Esses xingamentos me davam mais tesão e depois de tanto me comer esse safado tirou a pica e disse que queria gozar na minha cara e foi o que ele fez. O gostoso deixou minha cara toda lambuzada com sua porra e apesar de ter sido uma rapidinha foi a melhor foda da minha vida. Me senti muito preenchida e até hoje quando meu marido sai, o Marcelo dá uma passadinha aqui em casa.

Comments are closed.