Transei com uma travesti e me descobrir

5 votes

Eu me chamo Cláudia(*) e atualmente tenho 37 anos, sou transexual, tenho 1.90, seios grandes, bunda grande, pernas grossas e os ombros bem largos pq nadei muitos anos. Eu desde  sempre amei as roupas, sapatos e maquiagens da minha mãe mas, sempre tive que fazer escondido pq meu pai não aceitava me ver usando coisas do sexo oposto. Mas não adianta, quando a gente nasce assim, você pode fugir disso mas, nunca será feliz sendo algo diferente do que é de verdade.

Bem, na escolha sempre mexeram comigo, me chamando de viadinho, às vezes passando a mão na minha bunda que sempre foi grande. Eu nunca dei muita bola pq, nem tinha maturidade para isso mas, depois as coisas começaram a mudar.

Eu fazia parte de uma equipe de natação e sempre que ia para o vestiário, eu ficava olhando o pau dos garotos ao meu lado. E aquilo mexia comigo tanto, minha boca chegava a salivar. E eu não sabia o que estava acontecendo pq, uma coisa é vc gostar de se vestir de mulher, e outra é gostar de garotos.

Então quando eu tinha 18 anos, comecei a investir mais nas minhas roupas, sapatos, lingerie.

O dia que procurei uma travesti e me descobri

Um dia eu sai do trabalho e procurei uma travesti para ver se era só uma fantasia, ou se eu gostava de pau mesmo.
Bem, ela era morena, mulata, olhos verdes, 1.70 mais ou menos, cintura fina, seios fartos, e com um pau maravilhoso, grande e grosso e, se chamava Flávia(*).

Me encontrei com ela no seu apartamento e ela me esperava linda e cheirosa, com um roupão de cetim, um scarpin preto de salto 12 e por baixo do roupão, um conjunto de calcinha r sutiã pretos rendados. Ela realmente estava linda!

Entrei no apartamento dela e começamos a conversar, e expliquei para ela a minha situação. Então ela sorriu e disse que eu sairia de lá, ou sendo um homem ou então uma puta bem safada.

Nossa, ouvir aquilo, me deu um tesão absurdo. Ai comecei a beijá-la, e enquanto nos beijávamos, iamos para o quarto dela, sem nos desgrudar.

Assim que chegamos lá, fui tirando seu roupão, e em seguida seu sutiã, então comecei a ir passando a língua no pescoço dela e de vez em quando, ia dando mordidas leves em sua orelha, e passando a língua também. Ela ia gemendo de tesão e passando a mão pelo meu corpo. Então desci para chupar os peitos dela, e ela ficou louca, seu pau estava deliciosamente duro, no meio de suas pernas já saindo da calcinha. Então eu aproveitei e tirei sua calcinha.

Instintivamente, fiquei de 4 na cama, arrebitando o meu bundão e comecei a chupar aquele pau maravilhoso.
E ela ia me ensinando a usar o lábio para proteger os dentes, e não machucar. E me ensinou também a fazer um movimento com a boca, como se tivesse chupando um canudo grande…

Eu comecei a fazer tudo que ela me ensinava e, resolvi começar a girar minha língua em torno da cabeça do pau dela, com ele em minha boca. Ela começou a gemer e disse: “nossa que delicia, aprendeu rápido hein”.

Eu fiz um humhum mas não tirei o pau da boca.

Ela me perguntou se eu estava gostando, ai tirei o pau da boca e disse: estou amando, quero beber o seu leite, dá ele para mim?

Ai ela respondeu: “é acho que já temos uma puta bem fogosa aqui hein”!

Eu continuei mamando aquele pau delicioso, até que ela me disse que iria gozar, ai comecei a masturba-la mais rápido, sem tirar o pau da boca e então, ela encheu minha boca com o seu leite, e eu engoli tudinho, e ainda chupei a cabeça do pau dela, deixando limpinho.

Depois disso, eu subi em cima dela, e comecei a beijar aquela boca, e pensando que agora eu precisava dar para ela, que o que eu mais queria, era sentir aquele pau gostoso em mim.

Ai conforme eu beijava sua boca, mordiscava e lambia sua orelha, fui sentindo o pau dela crescer em baixo de mim.
Então eu desci e chupei mais o seu pau para, ele ficar duro logo. E resolvi fazer uma coisa que vi na internet e coloquei a camisinha no pau dela com a minha boca.

Ela vendo aquilo disse: “nossa gata, vc ainda tem dúvida de que não é uma mulher?”

Eu sorri e ela encheu o pau de lubrificante, e então eu subi em cima dela, e comecei a fazer aquele pauzão entrar todo em mim. Eu ia rebolando e sentindo ele me preencher. E assim que estava tudo dentro, comecei a rebolar no pau dela, então comecei a beija-la e ela ia socando com força o pau dentro de mim. A cada estocada, eu sentia um calor, meu coração estava acelerado, nunca tinha me sentido assim. Ai eu comecei a rebolar e apertar o cuzinho enquanto ela metia sem parar em mim.

Ela pediu para me comer de 4 e, eu atendi.

Ela agarrou minha cintura com força, e começou a meter com vontade em mim, estávamos destilando de tesão.
Ai eu voltei a rebolar no pau dela e ela diz: “nossa que loucura, vc tem um cú gostoso demais e, vc apertando meu pau assim eu não vou aguentar”.

Olhei para ela e dei um sorriso safado, e comecei a contrair meu cuzinho no pau dela, ela não aguentou e gozou em mim.

Depois disso, nos ficamos na cama, descansando de um sexo delicioso.

Ai ela me pergunta: E ai, qual conclusão vc chegou?

E eu respondi: ” eu amei, e preciso de mais”.

Então ela falou: “vamos nos arrumar para uma balada, está afim?”

Eu pensei um pouco e concordei.

Minha primeira vez na boate sendo putinha de vários machos

Bem ela tinha uma colega de apto que o corpo era parecido com o meu. Ela me deu uma calcinha fio dental preta de renda, um vestido bem curto preto de frente única (as costas peladas e de amarrar no pescoço). O vestido era de cetim e o decote nas costas descia até o início do bumbum, mostrando uma tatuagem que eu tenho de flores na linha da cintura. E também mostrava a rosa que tenho na lateral canela direita. E para finalizar, ela me deu uma sandália preta de tiras com salto 12.

Como eu já estava com os meus cabelos castanhos claros pouco abaixo dos ombros, e toda depilada, ajudou a terminar tudo mais rápido.

Meu peito nesta época não eram muito grandes pq, ainda não tinha o silicone mas, já chamavam a atenção. Me maquiei, passei a sombra preta nos olhos, passei o delineador e o lápis nos olhos. Passei um pouco de blush e finalizei com um batom vermelho matte (que não sai quando beija) e finalizei com o gloss para os lábios ficarem bem vivos. Como eu sempre tive os lábios mais carnudos, ficou ótimo.

Quando eu sai do quarto e a Flávia me viu, ela ficou espantada, dizendo: “caramba… vc está demais e que maquiagem linda, vc vai arrasar e com certeza vai dar mais hj”!

Eu dei uma gargalhada e falei obrigada pelo elogio e sobre dar mais, é exatamente o que eu quero e preciso.

Bem, chamamos um taxi (naquela época ainda não tinha UBER) e fomos para a  boate LGBT que tinha aqui na cidade e era sensacional!

Chegamos lá e como passava das 23hs, já estava bem cheia. Eu via aquele tanto de gente, os go-go boys dançando e comecei a tremer de tão nervosa!

A Flávia viu o meu nervosismo e segurou minha mão, dizendo para eu relaxar pq estava linda e iria dar tudo certo.

Bem fomos ao bar e pedimos bebidas, eu e ela fomos de ICE. Depois de beber toda a garrafa, eu já estava bem soltinha e o nervosismo tinha ido embora.

Virei para a Flávia e chamei para irmos dançar. Estávamos muito alegres, dançando demais e ai um trio de rapazes aproximam da gente. Quando eles estavam vindo, chamei a atenção da Flávia que também estava divina com um mini vestido frente unica vermelho sangue e sandálias douradas de tiras. O vestido valorizava muito os seios dela que eram grandes e lindos por causa do silicone.

Bem, os rapazes eram lindos, dois clarinhos e um mulato. Os clarinhos tinha os cabelos castanhos claros, mais ou menos 1.80 e o corpo todo sarado com o peito musculoso e os braços grandes e bem definidos a diferença é que um tinha os olhos castanhos e o outro azuis. O mulato era mais ou menos o mesmo corpo, ele tinha quase 2 mts de altura e os olhos verdes claros e um sorriso que me deixou doida para beijar aquela boca.

Eles chegaram na gente, e começaram a conversar e a nos beijar. Flávia olhou para mim e deu um sorriso que dizia o quanto estávamos bem para aquela noite. Depois de muitos beijos, bebidas e danças, estávamos loucas de tesão.
Ai os boys chamaram a gente para o motel, e concordamos.

Chegando lá eles atacaram a mim e minha mais nova amiga. Enquanto o clarinho de olhos castanhos  atacava minha amiga, eu era atacada pelos outros dois. Sendo beijada loucamente por um e o outro chupava meus seios.

Então eu comecei a tirar a roupa do Vinicius(*) enquanto ele me beijava, tirando a camisa dele e beijando seus peito, seu pescoço, e não posso deixar de notar o pau quase explodindo a calça!

Começo a acariciar o pau dele por cima da roupa e ele começa a gemer enquanto me beija. Enquanto isso o Frederico(*) tira o meu vestido e começa a passar a língua pelas minhas costas, me fazendo arrepiar de tesão. Então ele tira minha calcinha e começa a passar a linha no meu rabo!

Eu tiro a calça e a cueca do Vinicius enquanto ele me beija, e quando aquele pau gostoso de uns 18cm pula para fora da cueca, com a cabeça brilhante e grossa, eu não penso duas vezes e começo a chupar com vontade. E quando olho para o lado, minha amiga está nua e o Augusto(*) tbm, e não pude deixar de notar como o pau dele é gostoso e sua bunda redonda e durinha!

Bem, enquanto eu estou chupando o Vinicius e o ouvindo gemendo de prazer, o Frederico coloca a camisinha e começa a me fuder, nem senti muito incomodo pq já estava bem alargada pelo pau da Flávia. Enquanto ele mete em mim, eu não deixo de chupar o colega dele.

Eu estava amando tudo aquilo, estava me sentindo a mulher mais gostosa do mundo pq eu estava dando prazer para dois homens lindos e estava muito realizada.

Eu realmente, não tinha dúvidas de que eu realmente amava loucamente ser mulher, dar prazer para os homens.
Desde este dia, eu e Flávia viramos amigas inseparáveis. Ela até me liga de vez em quando para participar dos programas com ela!

Bem, espero que tenham gostado e em breve, posto mais!

(*) Nome fictício para preservar a identidade dos envolvidos.

Posts relacionados

Ganhei uma novinha de presente. ADS Ganhei uma novinha de presente.
Me chamo Carlos e sempre fui louca para trepar com minha esposa e mais uma novinha junto. Acontece que no dia de aniversário do nosso casamento, ela me surpreendeu com uma novinha e rolou uma transa as cégas. Ou seja deixamos a novinha vendada e fizemos TUDO com ela. Começamos assim...
Transei com a minha prima travesti Transei com a minha prima travesti
Olá, tudo bem. Vou deixar aqui minha experiência inusitada. Eu sou o Nicolas, músico, atleta, casado e pai de família, tenho...
Eu, minha mulher e uma travesti delicioso sexo a três Eu, minha mulher e uma travesti delicioso sexo a três
Olá meu nome é Caio(*), sou casado com Ana (*), uma morena deliciosa de bunda redondinha durinha, tamanho médio, uma delícia....
Meti no pelo no cuzinho da travesti Meti no pelo no cuzinho da travesti
Andando pelas ruas  a noite, doido para comer um travesti de cu peludo, eu encontro uma boneca andando sozinha no meio da noite,...
Dando meu cuzinho para uma travesti linda Dando meu cuzinho para uma travesti linda
Resido em uma cidade do interior, sou casado com uma mulher maravilhosa, não afeminado, gosto realmente de mulheres mas tenho uma...
Participei da primeira vez de minha filha! ADS Participei da primeira vez de minha filha!
Meu nome é Maria e sou casada há muitos anos com um coroa bem sacana. Certa noite, resolvi ir dormir mais cedo e na madrugada escutei a Aninha entrando em nosso quarto e pedindo para dormir conosco. A primeira vez é inesquecível para qualquer pessoa e não poderia ser diferente. Eu fiquei muito excitada com a presença dela no nosso quarto e ...
Vídeos de Sexo Anal e Porno Grátis ADS Vídeos de Sexo Anal e Porno Grátis
Porno com Mulheres dando o cuzinho no melhor do sexo anal grátis com safadas fudendo muito na pica dos seus machos.
Minha saída com travesti gostosa Minha saída com travesti gostosa
Sou casado, 47 anos e hoje sai ao meio dia com uma travesti muito linda. Uma morena tatuada muito gostosa e com uma rola de uns...
Dando a bunda pro travesti Dando a bunda pro travesti
Anos atrás sai a noite próximo um ponto de travestis, começou uma chuva forte quando avistei duas bonecas lindas pedindo...
Perdi a virgindade anal para uma travesti Perdi a virgindade anal para uma travesti
Bom.... eu sempre me interessei por travestis, assistia vídeos de trans enrabando homens e sempre fiquei pensando como seria ser...
O pastor que curte travestis gostosas O pastor que curte travestis gostosas
Sou pastor, curto travestis gostosas e sei que isso é um pecado muito grande, no entanto, gostaria de contar para vocês leitores...
Um Travesti Roludo Me Comeu Um Travesti Roludo Me Comeu
Olá!  Faz muito tempo que não posto um conto erótico, estava meio sossegado ate que ontem não me contive meu cu pedia por...

(0) Comentário(s)

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet brasileira. Um enorme acervo de temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais contos de sexo! Quer contribuir? ENVIE SEU CONTO. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em Contato que removeremos imediatamente.

pornô - contos eroticos - contos erótico - quadrinhos eroticos - Filmes Porno - Mulheres Nuas - Porno Amador - Xvideos - Videos de Sexo - Videos Pornô Xvideos 10

© 2014 - 2024 - Contos Eróticos → Os Melhores Contos Eróticos e Sexo (2023) Todos os direitos reservados.