Loucuras na casa de Swing e dentro do táxi

5 votes

Eu e minha esposa sempre vamos a uma casa de swing preferida. Nunca vamos de carro, pois bebemos um pouco a mais e voltamos tarde. A melhor opção é o táxi.

Ela tem 41 anos, morena, alta, culta e sem pudor. Eu tenho 60, 1,81 cm. As mulheres cultas são melhores na cama.

Temos um motorista que sempre nos atende. Muito simpático, cabelo de índio, malhado. Quando pegamos o táxi dele minha esposa sempre usa uma peça daquelas vestida para matar. Um vestido curtíssimo, um decote audacioso, um salto alto. Uma roupa própria para ir ao swing.

O motorista sempre foi respeitador apesar de saber que gostarmos de swing. Só que sempre o peguei olhando paras as coxas da minha esposa e uma vez ele deu uma encostadinha pouco discreta. Eu sempre percebi que ela o olhava com concupiscência.

Em um final de semana eu e esposa resolvemos chutar o pau da barraca. Pegamos o taxi e durante o percurso eu enfiava a mão na calcinha de minha esposa e ela abria as pernas. Claro que o motorista já estava atento. Ele ainda brincou dizendo que aquela cena prejudicava a saúde dele e que não tinha idade para ver aquelas coisas. Ele já estava visivelmente excitado.

Muitas loucuras na casa de swing

Aprontamos no swing. Ficamos com homens e mulheres, fiquei com mulheres e minha esposa com garotos. Adoramos o dark room. Ela me fazia um boquete e mil mãos passavam na bunda dela. E ela rebolava.

Um cara pincelou uma pica na bundinha dela. De repente fomos para boite e o dono da casa apostou que as garotas que fizessem um striptease ganhariam uma champagne. Minha esposa, já louquinha, subiu no palco e tirou o vestido com muita sensualidade. Não acreditei no que estava vendo. Minha esposinha, de calcinha, sendo acariciada pelo público… Era demais.

As pessoas acariciavam as coxas, a xaninha e a bundinha dela sem constrangimento. Ela rebolava e se deliciava com todo aquele jogo sedutor. Uma garota linda, super sedutora e com um corpo de ninfetinha sobe no palco e lhe chupa os peitinhos e a xaninha. O público foi ao delírio. Esse dia foi uma loucura no swing. Cometemos todos os pecados.

De madrugada propus para irmos embora pois eu estava morto de tesão e queria transar com ela em nossa cama. É um padrão do swing: quando se chega em casa se mete muito mais lembrando das travessuras. Só que ela estava de pilequinho. Chamamos nosso motorista e prontamente ele chegou. Minha esposa falou que queria ir a frente no carro. Eu abri a porta para ela entrar e senta na poltrona da frente. Como seu vestido era muito curto ela mostra a calcinha toda. O motorista alucinou. Claro que ela queria ir na frente com segundas intenções.

O motorista, não se preocupou com a minha presença e começou a passar as mãos nas coxas dela. A vadia abriu as pernas para facilitar o acesso da mão dele na sua xaninha. Ela estava molhadíssima. Ela suspirou e olhou para mim com uma cara de tesão e me mandou um beijo. Em um semáforo, ele rapidamente abre o vestido dela e lhe da uma chupada nos seus peitinhos que estavam duríssimos.

Quando chegamos em casa ele saiu do carro e a ajudou a se levantar. Ela lhe da um beijo e o convidou para entrar. Ai as coisas começaram de novo. Ela resolveu a fazer outro strip tease. Só que agora ele ficou nua e só de sapatos para nós dois. Ele levantou, lhe abraçou por trás e ela sentiu aquela coisa dura entre sua coxas. Ela aproveitou e rebolou para aumentar aquela sensação de uma pica entre suas coxas. Ele a põe no sofá e lhe chupou a xaninha. Ela gozou alto…

Ela segurou minha mão e gozou gostoso. Ele sentou no sofá e ela devagarinho naquela pica. E rebolou sem pudor. Eu fiquei olhando e tirando umas fotinhas. Ele tira o pau da xana dela. Ela segura aquela coisa enorme e coloca na boca. E chupa com audácia e volúpia. Quando ele começou a gozar ela bebe todo aquele leitinho e deixou um pouquinho escorrer nos peitinhos.

Depois deles refazerem de tanta lambança ele vai embora muito feliz. Ai foi minha vez de meter e chupar aquela vadia que é minha esposa. Chupei a xana com gosto de pau e a beijei lhe a boca com gosto de porra.

Amar uma mulher vadia é privilegio de poucos.

Sempre que vamos ao swing lembramos desse caso. Só que variamos de motoristas e às vezes uma garota é incluída.

Posts relacionados

Pegando um bronze ADS Pegando um bronze
Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...
Meu sobrinho me deixou grávida Meu sobrinho me deixou grávida
Meu sobrinho me deixou grávida. Eu tenho 35 anos, moro no Rio e essa é a primeira vez que vou contar um relato porno , apesar...
Tirei a virgindade do meu enteado nerd Tirei a virgindade do meu enteado nerd
Conto de Virgens: Tirei a virgindade do meu enteado nerd Tirei a virgindade do meu enteado nerd. Oi, me chamo Cláudia, tenho...
Vídeos de Sexo Anal e Porno Grátis ADS Vídeos de Sexo Anal e Porno Grátis
Porno com Mulheres dando o cuzinho no melhor do sexo anal grátis com safadas fudendo muito na pica dos seus machos.
A mãe tarada e o filho nerd ADS A mãe tarada e o filho nerd
A mamãe tarada e o filho nerd, num bom conto erótico em formato de quadrinhos, onde como pode ver, a mamãe não vai liberar a piroca do filho e cair de boca...
Transei com uma travesti e me descobrir Transei com uma travesti e me descobrir
Eu me chamo Cláudia(*) e atualmente tenho 37 anos, sou transexual, tenho 1.90, seios grandes, bunda grande, pernas grossas e os...
Minha esposa é a puta dos meus amigos Minha esposa é a puta dos meus amigos
Conto de Traição: Minha esposa é a puta dos meus amigos Minha esposa fica furiosa quando recebo fotos eróticas dos meus...
Fodendo as gêmeas do meu prédio Fodendo as gêmeas do meu prédio
Conto de Fetiche: Fodendo as gêmeas do meu prédio Fodendo as gêmeas do meu prédio. Eu me chamo Ricardo e vou contar uma pra...
Tesão em dar o cu ao vizinho coroa Tesão em dar o cu ao vizinho coroa
Há poucos dias escrevi aqui como me tornei a amante vadia,  mas houveram muito mais transas, houve um vizinho nosso que era...
Minha madrasta deu mole e eu passei a vara Minha madrasta deu mole e eu passei a vara
Contos de Traição: Minha madrasta deu mole e eu passei a vara Minha madrasta deu mole e eu passei a vara Eu me chamo Caio,...
Huffy: A vampira tarada Huffy: A vampira tarada
Huffy: A vampira gostosa é uma paródia pornô da famosa série Buffy. Nela vamos ver como a protagonista é safada pra caralho e...
As calcinhas da minha filha As calcinhas da minha filha
Família Sacana: As calcinhas da minha filha Em As calcinhas da minha filha, Seu Carlos vai ficar furioso depois de descobrir...

(0) Comentário(s)

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet brasileira. Um enorme acervo de temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais contos de sexo! Quer contribuir? ENVIE SEU CONTO. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em Contato que removeremos imediatamente.

porno - xvideos - contos eroticos - contos erótico - hentai - quadrinhos eroticos - porno amador - porno brasil - Acompanhantes BH

© 2014 - 2021 - Contos Eróticos → Os Melhores Contos Eróticos e Sexo (2021) Todos os direitos reservados.