Fudendo no depósito do boteco

No boteco a trepada rolou solta com o casal fudendo

Fui com minha mulher no boteco e a gente acabou fudendo no depósito. Foi bem inusitado, por isso mesmo que lembro até hoje com tesão dessa história, que aconteceu ano passado durante o início do ano. A Angela tava comigo num barzinho que costumo ir sempre, o boteco do carioca, aqui na cidadezinha onde a gente mora. Lá é um bar que dá todo tipo de gente, puta, viado, mas é muito animado, a cerveja é gelada, barata e sempre curti muito e minha mulher também.

O lugar é tão doideira que já flagrei gente até cheirando pó em uma das mesas e uma gatinha pagando boquete pra um cara no banheiro masculino, mas o dono que é gente fina, quando pega algo assim, fica logo puto e bota moral no estabelecimento. Em um desses dias em que fomos pra lá, minha mulher tava com um fogo acima do normal. Ela sempre foi safada pra caralho, a gente trepava muito, mas nesse dia não sei o que deu nela, a minha gostosa que sempre foi muito discreta na rua, de repente começou a me olhar safada e falar várias putarias pra mim, com aquela voz rouca sedutora que ela tem e o sorriso perfeito. Ela é um tesão mesmo, alta, magrinha, morena, do jeito que eu gosto.

Continuamos sentados mas de tanto ela provocar eu já tava louco, meu pau ficou duro e olha que eu tava pra lá de bagdá de tanto beber com ela. De repente sela chega bem pertinho de mim, me dá um beijo na boca bem gostoso, enfiando sua língua gostosa e me dando espaço pra sugar a dela todinha, isso foi suficiente pra me deixar com o pau latejando de tesão pela minha safada e pra complicar mais minha situação ela chegou no ouvido e disse:

-Tô com minha buceta toda molhada, que vontade de dar pra você aqui mesmo nesse bar!

-Você tá muito tarada hoje. Se não tivesse tanta gente aqui eu te levava para o banheiro e comeria sua bucetinha lá mesmo.

-Aii gato, nem precisa de banheiro, tem o depósito lá atrás, é escuro e cheio de caixas de cerveja. Se a gente for dar uma rapidinha ninguém vai notar.

Cara, era um risco muito grande mas antes que eu tivesse tempo pra pensar ela levantou, ajeitou a saia curtinha que tava usando, botei vários homens olhando pra ela. Levantei e fui atrás dela. O depósito era bem escuro, tive que acenter a luz do celular, ela começou a rir e falou que nós dois somos muito loucos. De fato era uma loucura, imagina aquele bar lotado lá na frente pegando a gente no flagra, ou o dono? mas o tesão falou mais alto, já cheguei pegando ela por trás, beijando seu pescoço, sentindo seu perfume delicioso.

Ela começou a gemer e empinar o rabo, a gente não tinha muito tempo, ela virou a cabeça, beijou minha boca, depois eu arranquei sua saia, sua calcinha e botei ela toda empinadinha bem delícia. Dei uma boa lambuzada no meu pau com o melzinho da bucetinha dela e comecei e meter, caralho! como eu queria aquilo, trepar bêbado é muito mais gostoso, como eu queria sentir aquela buceta quente e apertada no meu cacete.

-Que buceta quentinha amor, você é a maior piranha sabia? adoro quando minha puta tá desejando meu pau.

-Aii, eu tava desejando tanto amor, ai que gostoso, queria tanto sentir teu pau latejando dentro de mim.

Eu ficava louco metendo e ouvindo os sussurros gostosos dela, de repente ela pediu pra eu tirar o pau e fiquei meio chateado, achei que ela ia parar, mas ela se ajoelhou porque disse que tava morrendo de vontade de me chupar. Ela chupou meu pau todinho, lambeu com tanta vontade, tive que me segurar muito pra não gozar logo, mas não teve jeito depois de tanto chupar acabei gozando na boca da minha mulher. A gente se ajeitou e voltamos para a mesa. Foi uma rapidinha delíciosa.

A gente voltou pra mesa rindo e bem desconfiados, será que alguém notou? pedimos mais cerveja e tira gosto e ela sentada começou a falar que foi uma delícia, mas falou ela gozar bem gostoso e queria de novo. Eu tava com um pouco de medo de ser pego mas por um lado isso dava mais tesão. Combinamos de dar mais um tempo ali bebendo e depois de 1 hora levantamos de novo e de volta ao depósito a minha safada tava mais molhada do que nunca.

Levantei a saia de novo e parti para a ação, dessa vez meti com mais força na sua buceta e quando meu pau tava lambuzado suficiente, meti no seu cuzinho. Comecei a bombar gostoso, ela é muito puta, rebolou no meu cacete, gemeu, ficou louca. De repente me vi segurando ela pelos cabelos e metendo com força, fazendo barulho, por um momento a gente perdeu a linha. Foi uma foda louca, meu pau entrava e saia gostoso daquele cu lambuzado e ela gemia e falava muita sacanagem enquanto tocava uma siririca gostosa.

Desse jeito não demorou muito, depois de uns minutos ela acabou gozando gostoso pra caralho com meu pau no seu cuzinho. Que safada, deixei o cu dela todo arrombado só com essa rapidinha. De repente alguém viu a gente, saímos dali rapidinho antes que desse ruim, mas valeu a pena demais essa trepada.

Posts relacionados

Meu marido me obrigou a dar para a travesti Meu marido me obrigou a dar para a travesti
Conto de Travesti: Meu marido me obrigou a dar para a travesti Minha história começou no dia que meu relacionamento com meu marido deu uma esfriada. A gente já não transava a uns...
Leia completo
Amigas e Lésbicas Amigas e Lésbicas
Conto de lésbicas: Amiga de infância Minha amiga Raquel sempre soube que eu ficava com meninas, mais ela nunca se interessou ( ou nunca mostrou ). Na segunda quando agente estava na...
Leia completo
Na praia de nudismo Na praia de nudismo
Família Sacana: Na praia de nudismo Os Sacanas estão indo na praia de nudismo. Vamos contar desde o começo como essa ideia surgiu. Era mais um dia comum, mas todos estavam empolgadas,...
Leia completo
A Sogra gostosa A Sogra gostosa
Vou contar meu fetiche pela minha sogra gostosa Eu confesso, eu acho a minha sogra gostosa, ela é alta, cabelos castanhos claros, olhos azuis, um rosto bonito, seios médios mas...
Leia completo
Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet. Um enorme acervo com diversos temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais! Caso tenha alguma contribuição, nos envie seu conto através do nosso link ENVIE SEU CONTO. Diversos contos de nosso site são retirados de outros sites. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em contato que removeremos imediatamente.
Contos Eróticos BR© 2015 / 2019 - Contos Eróticos BR Todos os direitos reservados.