Fudendo gostoso o cu da vizinha de 18 anos

Vizinha de 18 anos liberou o cuzinho

Eu sou o Fred, tenho uma vizinha de 18 anos muito gata chamada Valentina, uma loirinha magrinha de olhos claros, bundinha linda toda empinadinha e seios médios. Ela é o maior tesão, metida pra caralho, os marmanjos aqui da rua são tudo doidos pra comer ela mas o pai dela marca pesado, ela não pode namorar com ninguém, só que já soube muita história que ela é bem safadinha e faz tudo na encolha, adora uma putaria e quem já comeu garante que o boquete dela é muito bom.

Eu nem preciso dizer minha vontade de fuder essa gostosa, eu tentava jogar o papo nela todo dia já que ela mora na casa ao lado da minha, mas a Valentina nunca deu moral, até que um dia ela precisou de um favor. A mãe dela saiu para o supermercado e acabou esquecendo de deixar a chave e a gatinha tava fora de casa. Eu deixei ela ficar aqui em casa até a mãe dela voltar, eu também tava sozinho, convidei ela pra ir no meu quarto enquanto eu tomava banho. Quando voltei pego ela fuçando minhas coisas e lendo minhas revistas pornô.

-Nossa, você é bem safado né? só vendo putaria.

-Tu tá maluca garota, fuçando minhas coisas?

Ela respondeu que era besteira que já imaginava que eu era punheteiro. Fiquei impressionado com a cara de pau, aquela loirinha toda metida tava ali falando essas coisas pra mim, ai dei logo uma resposta crua.

-Tá incomodada com minha punheta, então libera pra mim.

-Que grosso!

-Grosso é meu pau, se quiser te mostro.

Ela deu um sorriso safado e disse que queria ver a coisa pequena.

Mostrei meu pau pra ela e vi só ela impressionada com o tamanho. Sou daqueles magrelos que tem pau grande e grosso, ela olhou e já veio metendo a mão, começou a alisar meu cacete e ele logo ficou duro nas mãos dela, que delícia! foi um tesão da porra, a mão dela agarrando minha pica e me punhetando inteira, eu tava cheio de tesão minha pica latejando até que sem falar nada ela meteu a boca no meu cacete e começou a lamber a cabecinha. Que safada a novinha, depois de lamber e me deixar louco eu pedi pra ela chupar logo, eu não tava aguentando mais aquela tortura.

Ela caiu de boca e começou a enfoar cada centímetro do meu pau na boca, mamou gostoso e como me disseram, a novinha era boa mesmo na hora de pagar uma gulosa, eu tive que me segurar pra não gozar na boca dela.

Ela chupou gostoso, foi um tesão, só chupada na minha pica, mas eu queria mais, botei ela na cama, tirei seu shortinho, sua calcinha e senti sua buceta toda molhada e cheirosa. Botei ela em cima de mim ao contrário e fizemos um meia nove gostoso, foi delicioso, ela me mamando e eu mamando ela, o grelinho dela duro na minha boca e eu com a cara toda molhada de tesão.

Ela gemia, delirava com a língua na buceta dela, rebolava na minha boca e eu com meu pau durão na boca dela, o maior tesão. Muita putaria rolou entre a gente, foi uma delícia. Eu não aguentei, mudei de posição, coloquei ela bem abertinha e fui pincelando meu pau na sua buceta. Ela gemia, se arrepiava e pedia mais.

Eu não resisti e encaixei meu pau na sua bucetinha e meti gostoso, meu pau deslizava facinho apesar dela ser muito apertadinha. Que delícia, eu tava todo arrepiado sentindo aquela buceta gostosa apertando minha pica. Foi um tesão, ela tava doida e eu também. Ela falava mil sacanagens no meu ouvido, falava que eu fodia gostoso, metia muito e meu pau é uma delícia.

Eu não aguentava mais, queria comer aquele cu gostoso, fiquei brincando com os dedos no cuzinho dela. Foi uma delícia, botei ela de quatro e comecei a fuder o rabinho dela. Foi um tesão, ela empinou o rabo todinho, abriu pra mim e eu comecei a linguar gostoso.

Quando senti o cuzinho dela piscando não aguentei e fui metendo o pau. Ela reclamou, gritou mas não quis nem saber, quando eu parava ela pedia pra continuar. É safada mesmo, fica arrombada mas não desiste de dar o cu!

O cuzinho dela esmagava minha vara, eu gemia junto com ela, me entreguei mesmo a essa foda, ela pedia tapa e eu enchi aquele rabo de tapas, uma delícia.

Meti pra valer no cuzinho dessa putinha, só sentia ele ficando arrombado. Não ia aguentar por muito tempo e acabei gozando dentro do cuzinho dela. Levei a maior bronca kkk, mas tudo valeu a pena, eu queria trepar e ela me deu o que eu queria.

Fui mais um que provou o corpinho delicioso dessa gatinha e valeu a pena demais. Depois disso ela que começou a ficar no meu pé querendo trepar.

Posts relacionados

Comi a faxineira do condomínio Comi a faxineira do condomínio
Eu me chamo Marcos, tenho 27 anos e vou contar como comi a faxineira do condomínio, uma mulata gostosa de uns 30 anos chamada Fabi. Eu saí de manhã cedo e fiquei latejando na mesma...
Leia completo
Peguei minha vizinha cabeleireira bem gostosa Peguei minha vizinha cabeleireira bem gostosa
Conto de Traição: Peguei minha vizinha cabeleireira bem gostosa Uma vizinha cabeleireira que mora aqui no meu bairro e tem um salão de beleza é o sonho de consumo da galera que vive...
Leia completo
Suruba com minha mulher no posto Suruba com minha mulher no posto
Conto de Traição: Suruba com minha mulher no posto Eu e minha esposa adoramos sacanagem, nós já realizamos vários fetiches, incluindo contratar prostitutas e travestis para...
Leia completo
Praia de nudismo parte 2 Praia de nudismo parte 2
Confusões na praia de nudismo Finalmente chega o grande dia da viagem a praia de nudismo. Todos estão empolgados e loucos para curtir as férias. Quer dizer, nem todos! Carlinhos e Seu...
Leia completo
Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet. Um enorme acervo com diversos temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais! Caso tenha alguma contribuição, nos envie seu conto através do nosso link ENVIE SEU CONTO. Diversos contos de nosso site são retirados de outros sites. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em contato que removeremos imediatamente.
Contos Eróticos BR© 2015 / 2019 - Contos Eróticos BR Todos os direitos reservados.