Sexo: Segredo meu e de meu marido

0 votes

Olá, tenho 44 anos ,moro no Rio ,sou morena clara, cabelos tingidos de loiro clarinho e sou casada há 25 anos com o André .Nunca precisei trabalhar fora, meu marido preferia que eu cuidasse da casa e de nossos filhos ( 22 e 18 anos ) já que ele tem um emprego que nos permite esse luxo, embora eu ache que trabalho tanto ou mais do que se trabalhasse fora.

Depois de um ano e meio de quarentena , início de novembro/21 ,todos vacinados , meu filhos nos pediram para passarem o feriado  com suas respectivas namoradas nas casas dos pais delas , no que meu marido logo concordou e me sugeriu que procurássemos também um lugar onde poderíamos curtir a natureza ,uma pousada ou um hotel a beira mar me deixando encarregada de pesquisar na internet esse lugar.

Semana se iniciando, e ele perguntou a um colega de trabalho o q ele iria fazer no feriado. O colega respondeu que iria visitar a sogra que mora no interior e estava saindo de uma covid, mas a recuperação estava muito difícil devido a idade dela , deixando sua esposa preocupada.

Meu marido então comentou que iria sair comigo para uma região de praia dentro do estado mesmo pra não enfrentar problemas com viagem longa ou engarrafamentos. O amigo perguntou pra onde ele pretendia ir e ele falou que ainda não sabia , que havia deixado para eu pesquisar o lugar e o hotel ou pousada.

Foi então que seu amigo lhe falou que se ele não se importasse com a simplicidade, que poderia ceder sua casa de praia , casa pequena, mas toda rodeada por uma varanda enorme, com uma bela vista para o mar, cercada da mata atlântica , sem vizinhos por perto. Meu marido agradeceu e ficou de falar comigo durante a noite.

A gentileza foi aceita, e como meu marido tinha uns dias no banco de horas da empresa, saímos na quinta pela manhã rumo a casa de praia. Chegando  já perto de onde iríamos ficar , meu marido estacionou em um posto de gasolina para ir ao banheiro. Como eu não estava com vontade, fiquei no carro, ar ligado, vidros escuros fechados porque o calor estava intenso. Logo depois que meu marido entrou no restaurante do posto para ir ao banheiro, parou um caminhão ao lado do nosso carro e dele saltou o motorista, um mulato alto ( 1,80 mais ou menos ) e com o motor ligado, foi atrás da cabine do caminhão e começou a mexer em umas alavancas que soltavam ar comprimido e faziam um barulho alto. Vi que ele balançou a cabeça negativamente indicando algum problema mecânico. Ele então pegou no bolso o celular e falou com alguém e uns 5 minutos depois desligou o tel, olhou para os lados , e como não viu ninguém ( não sabia q eu estava ali a 2 metros dele ) botou o pau pra fora e começou a urinar.

Ao mesmo tempo que eu fiquei nervosa pela situação, fiquei excitada pelo tamanho e grossura daquele pau, pois o único que eu conhecia até aquele dia era o do meu marido q tinha praticamente a metade daquela maravilha e eu estava a 2 metros dele . Assim que ele terminou, fechou o caminhão e se dirigiu para o restaurante, e minutos depois meu marido estava de volta.

Quando ele entrou no carro e olhou pra mim, se assustou, eu estava com meu rosto vermelho feito camarão , ainda impressionada pelo que havia acabado de ver, e então ele falou: o q foi Mariane ? Parece q vc viu o capeta está com a cara vermelha, isso tudo é calor ? . Aí eu disse a ele que se o capeta for o que vi, que eu não teria medo dele, pelo contrário…

Seguimos viagem e logo chegamos ao nosso destino, pois era ali pertinho do posto mesmo. Malas guardadas, elogios à casa, ao lugar, tudo na mais perfeita harmonia para nosso descanso. Tomamos um banho , e por volta das 11,00 hs estávamos sentados em um sofá grande que ficava na varanda, e eu navegando com meus pensamentos, quando meu marido me disse q eu estava estranha e me perguntou o q eu tinha visto no posto q havia mudado meu semblante de lá pra cá.

Foi quando resolvi falar pra ele o q eu vi e contei nos mínimos detalhes , inclusive o tamanho do pau do motorista .Ele me enlaçou num abraço carinhoso e falou que entendia a minha curiosidade até porque ele foi meu primeiro e único namorado e eu só conhecia o pau dele como referência de tamanho e reconhecia que enquanto ele comeu muitas mulheres antes de nos casarmos , eu só havia feito sexo com ele .Chegada a hora do almoço, resolvemos que almoçaríamos ali por perto mesmo e fomos ao restaurante do posto. Lá chegando, vi sentado numa mesa ao fundo, almoçando , o motorista q eu havia visto e novamente fiquei vermelha. Meu marido percebeu e perguntou o q havia agora e eu lhe disse q estava vendo o tal motorista, que agora falava ao celular e nem notou que estávamos olhando pra ele. Acabamos de almoçar e ele continuava lá, o que me deixava inquieta. Foi aí que meu marido se aproximou de mim e falou ao pé do meu ouvido: você teria coragem de foder com ele? Eu disse, que isso André, tá maluco ? E então ele calmamente me falou que entendia minha situação, e que era normal para uma pessoa que nunca conheceu outro homem na cama , e que se eu quisesse, ele não veria aquilo como uma traição e sim vontade, e caso eu concordasse, ele iria encaminhar o assunto com o rapaz indo à mesa em que ele estava, e que não precisaria dizer a ele que somos marido e mulher, mas sim amigos e que eu fiquei afim dele.

Eu estava tão nervosa que travei, e não conseguia falar nenhuma palavra naquele momento, então meu marido falou: vou lá falar com ele e conhece-lo melhor, conforme for eu chamo ele e nós podemos levá-lo para a casa em que estamos . E assim ele fez, foi em direção a mesa do rapaz , pediu licença, sentou e começou a conversar com ele. E eu de longe acompanhando.

Dez minutos depois, se levantaram e vieram em minha direção , meu marido me apresentou a ele, chama-se Fernando, tem 44 anos e estava indo para Santos , onde fica sua empresa, quando o caminhão teve problemas mecânicos e ele ia ter que ficar por ali e dormir no caminhão , pois os mecânico só chegaria no outro dia com as peças para consertar o caminhão. Ele me cumprimentou com dois beijinhos no rosto e pediu alguns minutos para pagar sua refeição e foi em direção ao caixa.

Meu marido logo me deixou a par de tudo, disse que falou a ele que somos amigos e iriamos passar o feriado em uma casa perto dali com mais alguns amigos que chegariam no outro dia( sexta ) à noite e que nós viemos antes para deixar a casa em ordem, que eu sou solteira e fiquei afim dele, mas não tinha coragem de abordá-lo até por medo, por ele ser um estranho, e que ele ( meu marido ) falou pra mim que abordaria ele por mim, o convidando para passar a noite em nossa casa, mas com duas condições:

1) que ele usasse camisinha

2) que ele ( meu amigo ( marido rss ) ficasse no mesmo ambiente pra me dar segurança, no que o Fernando concordou .

Tudo acertado, Fernando foi até caminhão e pegou sua mochila com alguns objetos pessoais e roupas, e partimos para a casa, mas antes passamos no mercado próximo pra comprar umas cervejas e petiscos.

Chegando à casa, eu ainda nervosa, meu marido ( amigo rss) foi pra cozinha preparar os tira gostos e Fernando me perguntou onde ficava o banheiro , pois precisava tomar um banho e trocar de roupas , apontei a porta do banheiro e ele foi se banhar.

Vinte minutos depois, cerveja e petiscos na mesa da varanda , eu e meu marido já bebericando, a porta do banheiro se abre e surge o Fernando, de chinelos, bermuda soltinha e sem camisa. Por cima da bermuda dava pra notar o volume já se manifestando . Meu marido

( amigo rss ) falou que era pra gente ficar a vontade, que ele iria dar uma volta no quintal pra ver se estava tudo em ordem na casa e voltava logo.

Fernando me ofereceu uma cerveja e ficamos conversando , me falou q era casado, que a mulher dele era 7 anos mais velha que ele, e já havia entrado na menopausa, e por isso ela já não ligava mais para sexo e que a vida sexual dele havia virado um deserto. Depois de alguns minutos ele me beijou , me abraçou e me chamou para deitarmos na rede da varanda e assim fizemos e ficamos no maior amasso , o pau dele apertado na bermuda, eu sentindo q ele estava incomodado com isso, perguntei se ele não tinha uma sunga, ele me disse q estava com uma sunga por baixo da bermuda, pois pensou que na casa havia uma piscina.

Eu disse que não, mas havia um chuveirão e se ele estava afim de um banho, prontamente ele respondeu que sim, e foi logo tirando a bermuda e ficando de sunga, com o pau querendo sair por cima da sunga. Eu tirei minha bermuda e fiquei de biquine e entramos abraçadinhos

embaixo do chuveirão, onde ficamos nos esfregando , ele com a piroca cada vez mais dura agarrando e chupando meios seios.

Cinco minutos depois, tiramos nossa roupa (ou o que restava ) e entramos para dentro de casa eu sentei no sofá e ele ficou em pé de frente pra mim com aquela coisa pulsando , não resisti e caí de boca, chupei de tudo quanto é jeito, como se fosse minha primeira vez no sexo. Então ele me colocou de cavalinho no braço do sofá e me chupou como se fosse a última buceta do mundo.

Alguns minutos depois , ele me deitou no tapete e abriu minhas pernas , colocou a camisinha e enfiou aquela ferramenta enorme e grossa em mim. Eu gozei como nunca havia gozado em minha vida , e então ele pediu pra eu ficar de quatro e começou a beijar meu botãozinho, coisa que em mais de 20 anos de casada, meu marido nunca havia feito, e depois passou a lamber meu cuzinho que começou a piscar e se abrir numa vontade louca de ser possuído.

Ele então ,trocou a camisinha foi enfiando lentamente no meu cuzinho, quando eu sentia uma dor mais aguda, ele parava e dava um tempo até eu me acostumar, minutos depois eu estava deitada em cima dele cavalgando no anal mais gostoso que eu já havia feito( meu marido me procura pouco, tem nojo rss) e fui aumentando a velocidade da cavalgada até q ele gozou, enchendo a camisinha e caímos desfalecidos no tapete .

Quando olhamos, meu marido ( amigo rss ) estava sentado na varanda, frente para a sala, tomando uma cerveja e tocando uma punheta com a pica duríssima .Levantei e fui lá ajudá-lo com um oral até q ele gozou em minha boca.

Fernando se levantou pra ir embora e fizemos questão que ele passasse a noite com a gente . Expliquei a ele que eu e meu amigo ( marido rss ) éramos ficantes e que ele poderia dormir com a gente aquela noite.

E assim foi feito, dormimos os três na mesma cama de casal comigo no meio e rolou inclusive uma DP maravilhosa ( coisa que eu nunca imaginei fazer ).

No outro dia pela manhã levamos Fernando ao posto , onde estava o caminhão, pois o mecânico ligou avisando que estava a alguns quilômetros dali.

Trocamos tel e ele nos disse q de 3×3 meses vem em nossa cidade, buscar uma carga para a empresa dele e que queria repetir o que fizemos.

Meu marido ( amigo rss ) está contando nos dedos os dias pra fevereiro chegar logo ( rss ), já que seu colega de trabalho falou que quando ele quisesse, a casa de praia estaria a disposição.

Posts relacionados

A novinha do rabo grande ... um cuzinho para comer de gula ADS A novinha do rabo grande ... um cuzinho para comer de gula
A novinha do rabo grande ... um cuzinho para comer de gula
Dando pro marido da amiga e pro meu marido Dando pro marido da amiga e pro meu marido
Olá, me chamo Amanda (*) , 24 anos, sou morena, aquele tipo de magrinha bem gostosinha, cinturinha fina, bunda empinada...
Eu e meu marido transando no meio da rua Eu e meu marido transando no meio da rua
Sempre fui viciada em sexo, tenho 28 anos com carinha de 20, morena toda gostosa, corpinho bem feito e louca por uma...
Que delícia! Um filminho cheio de sacanagem onde tudo acontece! ADS Que delícia! Um filminho cheio de sacanagem onde tudo acontece!
Que delícia! Um filminho cheio de sacanagem onde tudo acontece!
Vídeos de Sexo Anal e Porno Grátis ADS Vídeos de Sexo Anal e Porno Grátis
Porno com Mulheres dando o cuzinho no melhor do sexo anal grátis com safadas fudendo muito na pica dos seus machos.
Fiz meu marido de corno em uma obra abandonada Fiz meu marido de corno em uma obra abandonada
Meu marido e eu somos casados a 5 anos, sempre fui namoradeira, tenho 28 anos, 1,69 de altura, 60 quilos, loira, olhos cor de mel....
Meu marido, meu submisso Meu marido, meu submisso
Essa é a história de como passei a dominar meu marido. É uma história real e os nomes são fictícios. Meu nome é...
Comi minha patroa na frente do marido dela Comi minha patroa na frente do marido dela
Essa história que vou contar aconteceu quando eu tinha 18 anos e consegui arrumar meu primeiro emprego numa loja de calçados. O...
Quando meu marido sai o porteiro vem me comer Quando meu marido sai o porteiro vem me comer
Olá... tenho 30 anos, casada a 5 e tenho um tesão enorme pelo porteiro do meu prédio, um cara bem mais novo. Vou...

(0) Comentário(s)

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet brasileira. Um enorme acervo de temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais contos de sexo! Quer contribuir? ENVIE SEU CONTO. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em Contato que removeremos imediatamente.

porno - contos eroticos - contos erótico - quadrinhos eroticos - Filmes Porno - Xvideos HD

© 2014 - 2022 - Contos Eróticos → Os Melhores Contos Eróticos e Sexo (2022) Todos os direitos reservados.