Minhas aventuras em massagem tântrica

0 votes

Hoje vou contar as 3 vezes que fui fazer uma massagem masculina tântrica.

A primeira vez fiquei bastante tempo tentando achar alguém que atendesse meus critérios, não curto caras bombados, peludos, vulgares e excessivamente machões. Então depois de um tempão vasculhando achei o cara. Ele um cara de estatutária média, boa pinta e não tinha nada de conotação sexual, a ideia era mesmo vivenciar uma experiência tântrica. Liguei para ele e logo percebi a sua simpatia, atenção e o trato ao telefone, já curti e marquei com ele que atendia em numa clínica com mais duas garotas. Marquei a tarde pq da para dar um balão no trampo, fiz que agendei uma reunião importante é lá fui eu.

Liguei para ele avisando que já estava na porta e então ele abre a porta, quando o vejo percebo que ele era exatamente como no anúncio, então me levou até uma sala que tinha um tatame, música ambiente, o local era muito bonito e arrumadíssimo. Então sentamos e ficamos conversando e eu disse que nunca tinha feito a massagem tântrica, eu fiquei vendo ele aos detalhes e deu para perceber que era bonito, tipo físico definido mas sem ser bombando, ele estava de calça e camisa branca.

Minha primeira massagem tântrica e muito tesão

Ele me explica que a massagem é feita com ambos nus e que ele vai usando a sensibilidade para descobrir a outra pessoa, então ele diz se eu precisava tomar um banho e prontamente disse que sim. Ele me deu a toalha embalada e me orientou como funcionava o banheiro e os produtos, era uma suíte então fui tirando a roupa e ele sentado me vendo, eu já estava com os meus 17 cm bem duro. Deixei a porta aberta e fui tomar banho, aproveitei e dei uma bela lavada no rabo, enfiei a mangueirinha no cuzinho para deixar tudo em ordem, afinal nunca se sabe. Sai do banho e percebo que o quarta está com uma luz azul bem escurinha, criando uma certa penumbra, tocava uma música ambiente tipo celta e um perfume de incenso no ar e tudo isso criava um ambiente muito calmo, relaxante e prazeroso de estar.

Então ele me pede para deitar de bruços na cama, eu deito e já de cara deixo minhas pernas bem entre abertas e o bumbum bem arrebitado, então ele cobre minha bunda com uma toalha pequena, eu fico lá de boa e percebo que ele está fazendo alguma outra coisa, mas não sei o que. Então sinto um lenço de seda bem grande e muito fininho cobrir meu corpo, isso me deu um certo arrepio, tinha um certo geladinho do tecido, então ele começa a puxar o lenço pelos meus pés, dessa forma vai descobrindo minha cabeça, vai passando pelos meus ombros, braços e costas e quando me dou conta eu estava sem a toalha que cobria minha bundinha e sinto a seda deslizando pelo meu bumbum, meu pau imediatamente fica durão, sinto a seda descendo pelo meu rego e rodando levemente meu cuzinho, cai por entre minhas coxas até que ficou inteiramente descoberto.

Sinto ele se ajoelhando entre minhas pernas e começa a jogar um óleo por meu corpo, então ele começa a espalhar o óleo com suas mãos pelo meu corpo e seu toque era uma delícia. Então ele massageia minhas costas, nadegas, coxas, pernas e pés, torna a jogar ainda mais aquele óleo e então sinto ele deitando seu corpo sobre o meu e com seu peito vai me massageando, ele fazia isso com maestria e deliciosamente e eu estava curtindo muito tudo aquilo eu realmente estava absorto. Então ele massageia minha bunda com seu peito e começa lentamente a subir até as minhas costas e sinto seu pau duro encostando no meu cuzinho, como foi inesperado dei um gemidinho é um sútil salto na minha bunda já arrebitada a ponto de sentir a cabeça do seu pau dar uma forçadinha no meu cuzinho, puts, o gemido aumentou.

Ele diz no meu ouvido “você gosta né safadinho?” E eu só mexi a cabeça consentindo e em seguida empino ainda mais meu rabinho forçando contra seu pau e estávamos tão lambuzados de óleo que senti sua cabecinha quase entrando no meu cuzinho. Ele me diz no ouvido “vc quer?” E eu pergunto “adoraria mas não sei se tenho para te pagar, isso custaria algo a mais?” E ele diz que mais R$ 150,00. Isso pra mim foi um balde de água fria, então eu disse vamos ficar só na massagem.

Ele ficou mais uma hora me massageando deliciosamente. Então ele me vira de frente me massageia me alonga, ele sabia o que fazer, nesses momentos fiquei observando ele e realmente o cara era muita delícia. Então ele me pergunta se estava bom pra mim e eu me sento ao seu lado e digo, “talvez falta uma coisa?”. Coloco minha mãos no seu peito e vou deitando ele no tatame, seu pau está duro, é grande com uns 20 cm é muito grosso, começo a acariciar por dentro de suas coxas, passo a mão no seu saco, sinto que ele tem umas bolonas grandes e então começo a acariciar seu pau, vejo do lado a toalha a pego com a outra mão e começo a tirar todo o óleo do seu pau, então me inclino sobre ele e começo a chápa-lo.

Nossa que pau gostoso, chupei-o com maestria e vontade, ora com uma mão acariciava suas bolas, com a outra mão seu peito liso e com a boca seu pau, deslizava com a língua por toda a extensão do seu pau, chupava seu saco e então voltava com a língua até seu pau, podia ouvi-lo dando alguns gemidos e então só com a boca e movimentando a língua na sua cabecinha eu o sugava e engolia seu pau inteiro até a garganta, fui intensificando e ele cada vez mais gemia e grunhia alto, percebia que ele se contorcia de tesao, eu estava saciando aquela rola e de repente ele dá um grunhido e explode em jatos de gozo na minha boca, eu segui chupando-o ainda mais e cada vez mais freneticamente, chupei, suguei, mamei, chupei, babava muito naquele pau, continuei, engolia o pau, sugava, chupava e mamava gostoso e ele pirando começa a dar mais jatadas não minha boca e eu sigo chupando aquela rolona até deixá-la limpinha.

Ele me diz, puts não vou poder atender mais ninguém hoje, lambi seu pau, dei um sorriso e me levantei. Tomei um banho paguei R$ 200,00 e fui embora. Sai satisfeito. Dois meses depois, liguei para ele e agendei outra “massagem”, ele havia mudado para outro lugar próximo ao anterior e me disse que agora até dia sozinho. Lá fui eu num final de tarde, entrei e era uma casa um pouco mais velha mas tudo bem arrumado e cuidado. Dessa vez eu estava mais objetivado, então já disse vou tomar uma ducha, arranquei a roupa e fui lá, novamente a técnica de deixar a porta aberta, o qual, ele aparece para me levar a toalha, me banho e já saio inteiro nu e penso, hoje vou comer essa delícia.

Ele me pede para deitar na maca e eu deito, abro bem minhas pernas e arrebito bem a minha bundinha (as mulheres sempre elogiam minha bunda kkk). O ambiente é gostoso, limpo, música de cachoeira ao fundo e o incenso queimando. Desta vez ele me faz uma mega massagem desportiva, cara foi incrível, meu corpo ficou completamente relaxado, durante a massagem pude sentir e passar a mão por seu pau várias vezes, ele usava uma cueca jockstrap que a bunda fica de fora, então ele começa a se concentrar com uma massagem nas minhas coxas, nadegas e triscando meu cuzinho, meu pau ficou durão, ele massageava meu saco, então ele me vira de frente e começa a fazer uma massagem lingan, e me faz também um gosto boquete, ficamos lá de boa e eu com um baita tesao, então eu disse para ele “pq não vamos para esse tatame?” E ele prontamente foi.  Eu também, porém antes dei uma super mamada naquele pau, então ele me deita de bruços me enche com mais óleo e deita o corpo sobre o meu, eu já abri totalmente as pernas e dou uma puta arrebitada no rabo quase ficando de quatro, ele então de o recado e começa a roçar a pica dura no meu saco e cuzinho.

O tesão foi me possuindo (vocês sabem com isso é, a gente perde a caneta) e então ele começa a embicar o pau no meu cuzinho, cada vez que ele encostava eu sentia um tesao louco e empurrava meu rabo para trás e sentia seu pau quase entrando, então eu falo para ele não se mexer e começo a empurrar a bunda para trás e senti a sua cabecinha entrando, senti uma dorzinha mas não queria parar, mandei ele seguir devagar e lá foi ele, eu não aguentei as metidas fortes, tive que apoiar o corpo todo no tatame e ele segui encima de mim me socando, ele bombava meu rabo, tirava toda a rola para fora e voltava sem dó socando até o fundo, estou com vontade, de repente eu começo a urrar de tesao e vou dizendo “caralho tô gozando”, isso acionou o modo Power nele para me arrombar definitivamente.

Ele suava muito e de repente começa a gozar centro de mim, então ele para e eu digo “não sai de mim, deita aqui um pouco” e ele se deitou sobre mim largando o peso do seu corpo. Ficamos assim um tempinho tomamos banho, paguei e fui embora. Dessa vez fiquei com o rabo dolorido por uma semana.

Terceira vez na massagem tântrica

Agora conto a terceira vez que sai com ele… Uns 6 meses depois, torno a ligar para ele e março de encontrá-lo e lá vai ele me dizendo que está novamente em novo local na região, tudo bem, tô afim mesmo, lá vou eu, desta vez já tinha a lembrança do que aconteceu nas outras duas vezes e juntando com minhas Fantasias mentais fui pronto para mandar a massagem a merda e trepar muito com ele.

Chegando, encontro um lugar também legal que ele dividia com outras garotas bem gostosas, vamos para a suíte e tudo do mesmo, música relaxante, incenso, luzes. Desta vez ficamos conversando mais sobre quem éramos, ambos contamos um pouco de nossas vidas, o que fazíamos, família e então eu peço para tomar banho, era verão e fazia muito calor.

Eu já me havia preparado em casa com uma higiene íntima bem intensa e aparei um pouco os pelos. Sai ducha, deitei na maca, abri bem minha pernas e arrebitei meu rabo sedento por um pau, ele se ajoelhou entre minhas pernas e eu subitamente vê viro de frente para ele e digo “vem cá” passo a mãos no seu pescoço e o puxo para um malho de língua forte, ele corresponde deliciosamente, nos abraçamos e acariciamos e o malho seguindo, então ficamos ambos sentados um de frente para o outro com nossas pernas encaixadas e o continuamos nos beijando ferozmente, mordíamos um ao pescoço do outro, chupoes e ambos acariciávamos e punhetavamos um ao pau do outro.

O pau dele era absurdamente muito maior que o meu, então ele faz uma cara de safado, me vira e deito de bruços ele com suas mãos me pega pelo quadril e me põe de quatro, então ele começa a lamber meu cuzinho, leve e suave, vai intensificando e eu vou sentindo um tesão tão grande que percebo meu pau pingando, de repente sinto aquela língua quente comendo meu cuzinho, ele literalmente meteu a língua dentro e eu delirei, puta prazer nunca sentido antes, ele então se coloca na minha frente para chupar seu pau e de cara sinto que ele tbm estava pingando e sinto o gostinho azedinho do líquido que saia do seu pauzao, mamei ele forte e com vontade e eu de quatro enquanto ele dedava meu rabo,.

Eu o deito na cama pego a camisinha e a coloco na boca e com a boca coloco a camisinha no seu pau, percebi que isso faz ele delirar, então eu me sento em cima dele e com minha mão guio sua rolona no meu cuzinho e falo para ele não se mexer e eu mesmo vou sentando cada vez mais na rolona deliciosa e durona, senti até o talo e então deito sobre ele e mando ele me foder, ele vai estocando e ao mesmo tempo vamos nos beijando, ele mete muito, tem muito a manhã, mas aquele dia eu queria tudo, metemos naquela posição pra caralho e então eu me levantei e o puxei, nos levantamos eu me virei para a parede abri as pernas e arrebitei a bunda e falei, “vem me come em pé”

Puta que pariu… ele veio pra cima com uma vontade louca, ele queria me possuir, então ele me fodeu muito, então fui e debrucei numa maca e mandei ele vir, ele não negava fogo, veio e meteu muito, nós estávamos completamente molhados de suor, o ar condicionado não dava conta de nossa euforia, então eu perguntei como ele gostava de foder e ele me agarra e me joga no tatame de frango assado, mete a rola forte e devagar, tira tudo, mete tudo, fica só com a cabecinha na portinha do cuzinho e enfim volta a foder como um louco e maníaco.

Ele começa a me punhetar e nós dois estamos gemendo e urrando alto e forte e então simultaneamente gozamos juntos, de meu pau saiam jatos e jatos e então nós dois desfalecemos abraçados e suados na cama e caímos num sono por quase uma hora. Eu acordei e me levantei para tomar banho, eu estava morto, arrombado, com uma dor no rabo, ardência e não me aguentava nas pernas. Fui tomar banho de água gelada e de repente vejo ele chegando zonzo e entra na ducha, ficamos um tempão debaixo da água gelada, abraçados e nos malhando docemente. Quando saímos nós sentamos e tomamos uma cerveja, ficamos conversando e ele me disse que eu estava sendo a melhor coisa na vida dele.

Eu havia chegado lá as 14:00 e quando me dei conta eram 18:40 e disse tinha que ir, paguei R$ 500,00 nos despedimos com muito carinho e estamos nos falando até hoje. Depois contos a nossas outras aventuras, afinal eu tbm já comi o rabinho lindo dele, afinal, sou um Bi versátil flex. Vlw galera.

Posts relacionados

Massagem Masculina com o Dotado Massagem Masculina com o Dotado
Galera, tudo bem? Recentemente achei um massagista. O cara tinha um corpo másculo, meio peludo e não tão forte, em geral não...
Minhas aventuras em massagem tântrica Minhas aventuras em massagem tântrica
Hoje vou contar as 3 vezes que fui fazer uma massagem masculina tântrica.A primeira vez fiquei bastante tempo tentando achar...

(0) Comentário(s)

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet brasileira. Um enorme acervo de temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais contos de sexo! Quer contribuir? ENVIE SEU CONTO. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em Contato que removeremos imediatamente.

porno - contos eroticos - contos erótico - quadrinhos eroticos - Filmes Porno - Xvideos HD

© 2014 - 2022 - Contos Eróticos → Os Melhores Contos Eróticos e Sexo (2022) Todos os direitos reservados.