Minha esposa viu que eu vi: corno assumido

19 votes

Em uma festa de amigos….

No dia seguinte, todos dormiram bastante e eu como acordo cedo fui buscar o pão. Deixei Paula(*) dormindo e o meu amigo Jeferson(*) já estava acordado preparando o café e o suco de laranja já que sua esposa não toma café.

Peguei a Bike e fui a padaria tinha uma fila grande e demorei um pouco. Quando voltei entrei devagar e em silêncio, para não acordar as garotas. Aí que estava enganado.! Vânia(*) estava acordada e bem acordada. Já estava na sala com sua camisolinha de renda bege e sobre ela um roupão curto em que no decote mostrava o contorno dos seus lindos seios e sentada aparecia suas coxas.

O Carlos(*) cheio de atenção e não tirava os olhos dela, à cara de safada que ela fazia naquele momento era bem claro que queria lhe provocar. Outra vez, fiquei com ciúmes, mas ao mesmo tempo pelo acontecido na noite anterior achei que ela também tinha direito de um momento de prazer segundo meu amigo a esposa dele dorme até tarde. Enfim. Tomei meu café e fui dar uma caminhada pela praia, chamei a Paula para ir e ela preferiu ficar em casa e depois ia para a praia. Bom fui dar minha caminhada, mas não conseguia me concentrar pensando no que poderia estar acontecendo lá.

Esposa me fez de corno e perdoei

Não andei nem um quilômetro e voltei. Ao chegar em casa a cena que imaginava. Paula deitada na poltrona e Jeferson por cima beijando seu pescoço, me escondi entre as plantas e a porta e fiquei observando. Enquanto ele beijava e chupava seu pescoço sua mão já deslizava pelas suas pernas afastando seu roupão e procurando sua xaninha que acredito que naquele momento já estava toda molhada. O fogo dos dois começa a subir e rápido ele começa a tirar a roupa dela e a chupar com muita vontade seus mamilos que estavam pontiagudos de tanto tesão que por sinal era tão grande que nem importavam se chegasse alguém ali.

Continuou chupando ela descendo pelo umbigo onde ficou alguns momentos suas pernas contornando sua bocetinha e ela cada vez mais excitada pegava a cabeça dele e forçava em direção a sua vulva e voltava para seu umbigo, isso a deixava cada vez mais excitada ela força e ele começa a chupar seu grelo que por sinal é delicioso bem aparente sua língua mergulhado entre suas pernas e ela puxando seu cabelo o sufocando que ao mesmo tempo ia descendo e enfiava sua língua no cuzinho dela.

Nesse momento ela já subindo pelas paredes de tanto tesão ele deliciava o sabor de desejo que escorria das suas entranhas. Agora ele deita e ela começa a chupar sua piroca que estava muito dura e brilhante de tanto era sua excitação. Então ela começa a brincar com aquela pica, beijava a cabeça dela, passava sua língua nela toda, deslizava a língua até seus testículos até colocá-los dentro de sua boca, desce e lhe aplica um belo de um beijo grego. Confesso que nesse momento deu vontade de fazer barulho lá fora para interromper sem que eles soubessem que eu assistia tudo de camarote porem achei que devia deixar, e assim fiz.

Os dois já não aguentavam mais até que ela pediu para ele fazer uma coisa que gostava muito; Virou sua bunda para cima, e ele entendeu. Não tinha nenhum lubrificante no momento e foi a boa e velha saliva. Ela pede para colocar com carinho para não doer. Ele foi penetrando e aos poucos começou a enfiar com mais vontade ela mordia seu braço para suportar a dor, mas ao mesmo tempo pedia para não parar.

Foram alguns minutos ela gemia e pedia para não parar. De repente ela olha pela janela e me vê parece que vira uma puta cadela no cio vira e pede para ele colocar na sua boceta pois queria gozar sentindo aquela piroca dura e quente dentro dela e no mesmo momento ele começou naquele vai e vem e ela pede para ele segurar para gozar juntos ela começou a se tocar enquanto ele enfiava seu pau nela e cada momento ela se masturbava com mais força até o momento que ambos começam gemer de tanto prazer.

Gozaram juntos. Muito intenso. Começaram a rir e cada um correu para o seu banheiro. Eu sai e voltei a caminhar para digerir aquele momento, quando voltei ela vem me beija alucinadamente pega em meu pinto e fala eu vi que você viu corninho, acostume-se, que agora vai ser assim , nesta hora meu pau fica duro e transamos loucamente nem sei como consegui. Perdoei ela e vida que segue!

(*) Nome fictício para preservar a identidade dos envolvidos.

Posts relacionados

Pegando um bronze ADS Pegando um bronze
Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...
Trabalhadores da obra comeram meu rabo Trabalhadores da obra comeram meu rabo
Fui morar numa cidade  para cursar faculdade. Sempre fui hétero, salvo quando vivi brincadeiras com primos e amigos, mas nada de...
Putaria no aniversário da minha tia Putaria no aniversário da minha tia
Conto de Incesto: Putaria no aniversário da minha tia Putaria no aniversário da minha tia. Eu me chamo Juca, tenho uma tia de...
Vídeos de Sexo Anal e Porno Grátis ADS Vídeos de Sexo Anal e Porno Grátis
Porno com Mulheres dando o cuzinho no melhor do sexo anal grátis com safadas fudendo muito na pica dos seus machos.
A mãe tarada e o filho nerd ADS A mãe tarada e o filho nerd
A mamãe tarada e o filho nerd, num bom conto erótico em formato de quadrinhos, onde como pode ver, a mamãe não vai liberar a piroca do filho e cair de boca...
Putaria na praia com casal liberal Putaria na praia com casal liberal
Eu adoro uma putaria na praia, na rua, no motel, em qualquer lugar. Sempre fui taradão pra caralho, e nunca dispensei uma buceta,...
Me transformando em corno Me transformando em corno
Contos de Traição: Me transformando em corno Me transformando em corno. Eu me chamo Tony, sou um cara de 45 anos e casado com...
Tirei a virgindade da irmãzinha da igreja Tirei a virgindade da irmãzinha da igreja
Olá, meu nome é Victor (*), sou casado, tenho filhos, já escrevi aqui outro conto, tenho muita história pra contar, já...
Meti na buceta da minha madrasta Meti na buceta da minha madrasta
Meu pai começou a namorar uma mulher chamada Fernanda (*), alta, dos cabelos castanhos curtos, já faz 1 ano, mas desde o início...
Minha Filha Precisa de um Macho Minha Filha Precisa de um Macho
Conto de Incesto: Minha Filha Precisa de um Macho Apesar dos meus 2,05 mts. e 110 kg., sempre fui um homem pacato e muito...
A Amiga Grávida da Minha Mãe A Amiga Grávida da Minha Mãe
Comi a amiga grávida da minha mãe Minha mãe tem uma amiga daquelas taradas que não pode ver um homem, eu tinha 18 anos na...
Fiquei viciado em travestis do Xvideos Fiquei viciado em travestis do Xvideos
Eu vou contar como fiquei viciado em travestis do xvideos. Eu nunca pensei em foder com uma trans, mas um dia comecei a assistir...

(2) Comentário(s)

  • Rogério - Criado em 03/01/2021 Eu adoro fuder uma mulher casada mal fudidas e na frente do seu marido corninho manso olhando. Moreno 21 centímetros de pica. Discreto e sigiloso. E ainda deixo a bucetinha dela cheia de porra p CORNO manso limpar tudinho. Me chama no WhatsApp
  • bruno - Criado em 01/01/2021 muito bom que tesão aconteceu comigo

Deixe seu comentário

Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet brasileira. Um enorme acervo de temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais contos de sexo! Quer contribuir? ENVIE SEU CONTO. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em Contato que removeremos imediatamente.

porno - xvideos - contos eroticos - contos erótico - hentai - quadrinhos eroticos - porno amador - porno brasil - Acompanhantes BH

© 2014 - 2021 - Contos Eróticos → Os Melhores Contos Eróticos e Sexo (2021) Todos os direitos reservados.