Me aventurei com um taxista desconhecido

Casada safada e sua aventura erótica com um taxista

Sou a Solange, ou Sol, sou uma morena de cabelos cacheados e um taxista desconhecido acabou vivendo uma aventura inesperada comigo. Sou casada, tenho 26 anos, sem filhos e muito fogosa na cama. Eu sempre fui louca por sexo e meu marido dá conta direitinho do recado, nunca tive do que reclamar, já estou com ele a 7 anos e sempre tive curiosidade de experimentar outros homens, outros paus, essa é uma curiosidade que rola por mais que a gente ame a pessoa que tá do nosso lado.

A uns meses atrás eu quebrei a perna num acidente e tive que fazer fisioterapia, não foi nada grave, mas para auxiliar no meu progresso tive que fazer. Eu ia de táxi 2 vezes por semana porque não podia dirigir, nada de anormal, até que em uma dessas vezes eu peguei um taxista chamado Vinícius, um homem alto, parrudo, cabelos loiros e uma barba rala do mesmo tom que até brilhava na luz. Eu achei um homem lindo, não conseguia parar de olhar pra ele e ele notou.

Vi ele dando um sorrisinho sacana ao perceber que eu tava encarando ele, nossa, que tesão me deu, me arrepiei dos pés a cabeça com esse homem me secando. Na hora senti minha buceta ficar toda encharcada, foi uma delícia essa sensação que eu nunca tinha sentido assim por um cara que nunca vi na vida. Resolvi quebrar o gelo e puxar papo com ele.

-Moço, eu tô indo para a fisioterapia, você tá livre pra me buscar depois? é tão demorado esperar um táxi por lá.

-Claro dona, eu vou deixar meu número com a senhora e você me liga, pode ser?

-Sim, só me passar!

Ele me deu o número e começou a puxar papo, perguntou o que tinha acontecido comigo e o papo foi evoluíndo de uma forma que a gente começou a falar dos nossos casamentos. Ele me disse que tinha 25 anos, recém casado mas que a esposa era muito ciumenta e ele era muito namorador antes de casar, que tava sendo difícil resistir as tentações do caminho.

-Eu entendo sua mulher, um homem bonito assim deve ter um monte de mulher atrás querendo.

-Você me achou bonito? eu digo o mesmo do seu marido hein? você é um mulherão, se fosse solteira seria uma das tentações que falei que aparecem na minha vida.

Eu comecei a rir, agradeci o elogio, desci do carro e ele disse me olhando nos olhos:

-Me liga mesmo tá? venho correndo te buscar!

Nossa, eu nem sei como consegui fazer minha sessão, me deu um tesão da porra, que delícia de homem, minha buceta tava molhada, nesse meio tempo pensei mil sacanagens com ele, fui no banheiro da clínica e vi minha calcinha toda ensopada de tanto tesão, fiquei surpresa.

Liguei pra ele assim que acabou, ele atendeu dizendo que tinha quase certeza de que eu não ligaria, mas eu sorri e respondi que precisava dele. Depois de uns minutos ele chegou lá na clínica, não queria perder a chance de ficar com ele e quando ele perguntou pra onde a gente ia, respondi em tom de brincadeira que a gente podia ir pra onde ele quisesse.

-Não fala isso que te levo pra um lugar bem malicioso.

-Nossa, ia me levar pra onde?

-Um lugar onde a gente possa ficar a vontade, se conhecer melhor…

Eu sei que é loucura, mas fiquei doidinha pra que ele me levasse pra esse lugar que com certeza é um motel. Foi gostoso demais a nossa paquera.

-Fiquei curiosa, vamos sim nesse lugar, quero conhecer você melhor.

-Passa aqui para o banco da frente então!

Fui pra o banco da frente ele fez um carinho na minha coxa, eu fiz na dele, fui subindo e toquei em seu pau por cima da calça. A rola dele já tava bem dura, que vontade louca de dar pra ele naquele carro.

-Coloca meu pau pra fora, vê como ele tá!

Eu botei a piroca dele pra fora e comecei a masturbar ele de levinho, ele ficou suspirando, fazendo cara de safado. Arrisquei me abaixar e chupar ele, mas não deu muito certo pra não atrapalhar ele dirigindo, mas deixei ele louco, com gostinho de quero mais, continuei na punheta e ele acabou gozando na minha mão.

Limpei a mão com uns lencinhos que tinham no porta luvas e a gente foi pra uma pousadinha bem simples, daquelas que dava até medo de entrar, mas o tesão falou mais alto, uma vontade louca de dar pra ele, podia ser até no mato se ele quisesse, eu tava me sentindo uma puta.

A gente entrou, fiquei louca no lugar, tava morrendo de tesão por esse homem gostoso, queria muito sentir ele me comendo todinha, assim que paramos no carro mesmo a gente começou a se beijar, ele abriu a porta, me tirou de dentro e começou a me beijar gostoso. Ele me colocou encostada na porta do carro, começou a me agarrar, passar a mão em todo meu corpo, que tesão da porra que eu tava sentindo, comecei a pegar na rola dele que tava bem dura novamente, e ele metendo a mão na minha buceta.

Ele me deixou peladinha na garagem, tirou as roupas, encostou no capô e começou a esfregar seu pau na beiradinha da minha bunda e sarrar na minha bucetinha. Quanto mais ele pincelava, mais eu me contorcia inteira, gemia gostoso e sentia vontade de dar, minha buceta latejava e doia de tesão.

-Ai, não tô mais aguentando, me fode logo, come minha buceta, quero sentir seu pau gostoso me arregaçando inteira, pra isso eu vim aqui!

Ele me pegou de jeito, encaixou seu pau na minha buceta, me fez empinar gostoso e começou a socar sem dó. Eu gemia, que delícia de pica me penetrando enquanto ele falava um monte de sacanagens pra mim e batia na minha bunda. Eu já tava louca. Ele me fez abrir mais as pernas e começou a socar gostoso em mim, arrancando gemidos, me deixando louca.

-Que tesão de buceta gostosa, vou te fuder todinha, sua buceta é uma delícia!

-Me fode mesmo seu safado, arromba minha buceta!

A gente continuou ali trepando gostoso, ele parou, me levou pra dentro da pousada, me jogou na cama e com minhas pernas bem abertas senti a boca dele me chupando gostoso eu tava louquinha, me contorci inteira, que gostoso. Depois dessa chupada eu não aguentei e gozei gostoso na boca dele. Ele subiu em mim de novo e começou a socar o seu pau gostoso bem fundo na minha buceta.

Eu só conseguia gemer alto, foi uma delícia de trepada, o homem me comia, me arregaçava inteira, me deixou com vontade de gritar na cama e foi o que eu fiz.

-Tá gostando né safada? do meu pau todo atolado na sua buceta.

Respondi que sim e ele aumentou as estocadas, metendo tão fundo que batia no meu útero aquele cacetão gostoso. Ele me mandou ficar de quatro, encaixou o pau no meu cuzinho e fez um anal bem gostoso. Doeu pra caralho mas dar o cu pra ele foi uma delícia, só consegui gemer e pedir mais enquanto ele batia forte na minha bunda e puxava meus cabelos.

Acabamos gozando quase juntos, eu perdi a conta de quantas vezes gozei nesse dia, mas fiquei molinha de tesão. Ele jorrou o resto de leite de macho na minha boca e eu engoli tudo. Fomos embora com uma sensação maravilhosa, mas tive medo de encontrar ele de novo por sermos casados, mas foi uma delícia!

Posts relacionados

Meu tio me ensinou a ser viado Meu tio me ensinou a ser viado
Meu tio me ensinou a ser viado Meu tio me ensinou a ser viado Meu tio Pedro é um coroa de 50 anos muito safado que me ensinou a ser viado. Ele é divorciado e tem uma filha, minha...
Leia completo
Fodi a manicure da minha mulher Fodi a manicure da minha mulher
Contos de Traição: Fodi a manicure da minha mulher Fodi a manicure da minha mulher. Eu me chamo Augusto, mas todo mundo me conhece como Guto. Tem 2 anos que sou casado com a Marcela e...
Leia completo
Dany Do Cuzinho Guloso Dany Do Cuzinho Guloso
Conto Erótico Dany Do Cuzinho Guloso Ainda morando em uma grande cidade do interior com 600 mil habitantes, conheci uma universitária no auge dos seus 21 anos, 1,73 altura, 55kg, bunda...
Leia completo
Goza Não Amor Goza Não Amor
Conto Erótico Goza Não Amor O seu olhar continuava fixo em mim, o cheiro do seu perfume era penetrante e ele aplicadamente elegante... Não tardou a se aproximar de mim talvez um...
Leia completo
Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet. Um enorme acervo com diversos temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais! Caso tenha alguma contribuição, nos envie seu conto através do nosso link ENVIE SEU CONTO. Diversos contos de nosso site são retirados de outros sites. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em contato que removeremos imediatamente.
Contos Eróticos BR© 2015 / 2019 - Contos Eróticos BR Todos os direitos reservados.