Iniciação da casadinha e seu corninho

2 votes

Já fazia um tempo que não publicava uma aventura, mas esta o marido fez questão que eu escrevesse para ele ler junto com a esposa.

Bom, através de outro conto conheci Luan(*) e Magali(*), ele com 39 anos e ela com 27 anos. Quem entrou em contato comigo foi Luan, falando que tinha uma enorme vontade de ser Corno, que sonhava em ver sua princesa, assim chamava Magali, dando para outro, que fantasiavam na cama, falavam besteiras, mas faltava coragem, foi quando resolveu me enviar um e-mail , pois , se tem uma coisa que garanto a todos é sigilo total.

Trocamos alguns e-mails, dei umas dicas para Luan usar com Magali para fazer ela se soltar, inclusive encaminhou outro conto meu para ela, garantia sigilo, para ela se sentir mais tranquila. Passei meu watts, e Magali me mandou mensagem , cheia de perguntas e dúvidas, fiz questão de respondê-la e deixá-la tranquila.

Iniciando a casadinha

Magali me disse que a fantasia do marido era que enquanto ela tivesse com outro, ligar para ele para ele ouvir. Pois bem, marquei de pegar Magali e seguirmos para Motel, quando ela veio ao meu encontro percebi o quanto ela era linda, morena clara, 1, 59m , magra, cabelos longos, bundinha arrebitada e seios pequenos. Ela vestia uma saia curta e uma blusinha com um casaco, parecia uma garota de programa, depois descobri que seu marido a mandou sair assim. Estava toda envergonhada, comecei elogiá-la e fazer brincadeiras para descontrais.

Chegamos no motel, Magali estava toda tímida, ainda de pé fui por trás dela e ajudei a tirar seu casaco, e comecei a beijar seu pescoço, seus ombros, Magali estava toda arrepiada, desci beijando suas costas, abri o zíper e sua saia e tirei beijando sua bunda e suas pernas. Subi novamente, agora tirei sua blusa onde vi que estava sem sutiã, e vi lindos pares de seios pequenos, mas os bicos durinhos de tesão. Virei de frente Magali, que me abraçou e me beijou fortemente, alisava seu corpo, meu pau já estava muito duro, deitei Magali na cama , desci beijando seu corpo todo, mordi, beijei, lambi seus pequenos seios, seus bicos estavam muito duros.

Enfiei minha mão por dentro de sua calcinha, enchendo minha mão com sua bunda, tirei sua calcinha, e vi uma bucetinha melada, lisinha, voltei a beijar Magali, agora suas coxas, virilha, seu clitóris era saltado para fora, na primeira linguada ele ficou bem duro.

Brinquei com o mesmo, suguei, lambi, chupei, lambia freneticamente, chupei e chupei, por cerca de 20 minutos, quando Magali levantou a cintura e deu um grito alto gozando. Sua bucetinha contraia, Magali encostou o corpo na cama novamente e continuei com lambidas leves, sei que seu clitóris estava sensível, mas minha língua sabia o que fazer desta vez não demorou muito para Magali soltar outro grito de gozo.

Magali pediu um beijo, queria sentir o gosto de sua bucetinha gozada, me beijava e me puxada de encontro a seu corpo, ela mexia o quadril buscando meu pau, não foi difícil, ela estava tão molhada que meu pau escorregou para dentro de sua bucetinha. Magali me beijava e falava, me come gostoso.

Iniciei o vai e vem, aos poucos aumentei os movimentos, socando forte, Magali me abraçava forte que quase me arranhava, meti com vontade com força, Magali e gemia e pedia mais, quando ela começou a morder meu pau, Magali deu aquela gozada de leve, mas a ponto de dar uma bela gemida. Magali pediu para tomar uma água, prontamente peguei no frigobar e entreguei a ela, que me disse, estou acabada, pernas moles de gozar, mas quero seu pau dentro de mim de novo. Falei para ela ficar de quatro, entreguei seu celular em sua mão e mandei ela ligar ao marido, enquanto ela entrava no watts, encostei a cabecinha do meu pau em sua bucetinha e deixei deslizar, até só ficar minhas bolas para fora, e comecei a socar, Magali não conseguia nem ligar, aquela bunda redonda arrebitada, segurei firme e meti, meti e meti.

Dei uma trégua, pois, sei que a fantasia do casal era ligar enquanto ela estivesse dando. Falei para Magali ligar sua câmera no watts, quando Luan atendeu ela deu oi gemendo, pois, eu ainda estava dentro de sua bucetinha e ela de quatro. Ele olhando sua amada esposa com outro macho dentro, segurei no cabelo de Magali, mandei ela olhar para o marido e gemer e comecei a socar, dava tapas em sua bunda, e ouvia ela falar, me come para meu corno ver, me come gostoso, seu marido do outro lado se masturbava e eu socava naquela bucetinha deliciosa.

Magali pediu para eu beijá-la enquanto seu marido assistia, e falava para ele que já havia gozado no meu pau. Luan pediu para eu gozar em Magali ele queria ver, perguntei para Magali se era aquilo que ela queria e ela disse sim. Segurei forte em sua cintura, e volteia socar, socar e socar com força, meu pau entrava inteiro em Magali, ela gemia muito alto, e xingava seu marido, quando anunciei meu gozo, enchendo seu útero de porra, peguei o celular de Magali e mostrei meu pau saindo de da buceta de sua mulher escorrendo porra.

Magali deu tchau para Luan, falou que ele já tinha visto demais e ela precisava de um banho. Antes do banho tirei várias fotos de sua buceta escorrendo meu leite, ela queria mostrar ao marido depois. Tomamos um banho, estávamos indo embora Magali veio sentar no meu colo, agradecendo que eu era um querido, e merecia uma bela chupada antes de ir embora. Deitei na cama e Magali começou a me chupar, lambia, sugava queria porra, me olhava com cara de safada, eu ficava alisando seu corpo, Magali pediu para eu gozar na sua boca, se vocês vissem a carinha de anjo dela, não tem como não gozar gostoso, enchi sua boca de porra.

Magali me punhetava até sair a última gota, bebeu tudo, não tinha uma gota na cabeça de meu pau, ela me olhou e falou que até que não era tão ruim beber porra, perguntei se ela ainda não havia feito aquilo, ela disse que jamais tinha deixado o marido gozar na sua boca, mas eu merecia e que ela iria provar a do marido agora. Magali estava bem soltinha, falou que sua bucetinha estava dolorida, de tanta socada que levou, que não iria aguentar dar para o marido, que provavelmente teria que fazer outro boquete.

Fomos embora e criamos uma boa amizade, ganhei a calcinha de presente e lembrança de uma mulher linda e gostosa. A noite Luan me mandou mensagem agradecendo, falando que Magali era outra mulher, que estava feliz e apaixonada por ele, dizendo que não aguentou dar para ele, mas que o chupou e até bebeu porra, coisa que ela nunca havia feito, mal sabe ele que tomou meu leite primeiro, rs.

Me pediu para comer ela sempre, ser fixo, pois, gostou do jeito que cuide de Magali, que ela disse que eu era um cara bacana e valia a pena ser fixo.

(*) Nome fictício para preservar a identidade dos envolvidos.

Posts relacionados

Pegando um bronze ADS Pegando um bronze
Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...
Minha esposa é a puta dos meus amigos Minha esposa é a puta dos meus amigos
Conto de Traição: Minha esposa é a puta dos meus amigos Minha esposa fica furiosa quando recebo fotos eróticas dos meus...
Traindo a esposa com a colega de trabalho durante um congresso Traindo a esposa com a colega de trabalho durante um congresso
Sou casado há muitos anos mas sempre saio com alunas e colegas de trabalho. Sou professor em uma universidade.  Imagina você...
As calcinhas da minha filha As calcinhas da minha filha
Família Sacana: As calcinhas da minha filha Em As calcinhas da minha filha, Seu Carlos vai ficar furioso depois de descobrir...
Fodendo a mulher do primo durante o Natal Fodendo a mulher do primo durante o Natal
Acabei fodendo a mulher do primo Guilherme, um dos meus primos mais arrogantes e metidos a besta que tenho, o cara é daqueles que...
Vídeos de Sexo Anal e Porno Grátis ADS Vídeos de Sexo Anal e Porno Grátis
Porno com Mulheres dando o cuzinho no melhor do sexo anal grátis com safadas fudendo muito na pica dos seus machos.
A mãe tarada e o filho nerd ADS A mãe tarada e o filho nerd
A mamãe tarada e o filho nerd, num bom conto erótico em formato de quadrinhos, onde como pode ver, a mamãe não vai liberar a piroca do filho e cair de boca...
Fui desvirginado pela minha professora de matemática Fui desvirginado pela minha professora de matemática
Olá, me chamo Ricardo, tenho 27 anos e quando e sempre fui atrasadinho com relação a sexo. Eu frequentava a igreja aqui do...
Comendo a passageira gostosa do Uber Comendo a passageira gostosa do Uber
Trabalho como motorista de aplicativo, e acabei comendo a passageira gostosa que me deu mole numa madrugada depois de uma festa....
Me aventurei com um taxista desconhecido Me aventurei com um taxista desconhecido
Casada safada e sua aventura erótica com um taxista Sou a Solange, ou Sol, sou uma morena de cabelos cacheados e um...
Sonhos e fetiches na Disneylândia Sonhos e fetiches na Disneylândia
Sou a Gabriela e estou aqui para compartilhar com vocês uma história fantástica! Desde os meus nove aninhos, queria muito...
Fomos instalar o DVD e fodemos a gostosa Fomos instalar o DVD e fodemos a gostosa
Conto de Fetiche: Fomos instalar o DVD e fodemos a gostosa Oi, esse relato é verídico. Aconteceu em 2008 em Recife e eu...

(0) Comentário(s)

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet brasileira. Um enorme acervo de temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais contos de sexo! Quer contribuir? ENVIE SEU CONTO. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em Contato que removeremos imediatamente.

porno - xvideos - contos eroticos - contos erótico - hentai - quadrinhos eroticos - porno amador - porno brasil - Acompanhantes BH

© 2014 - 2021 - Contos Eróticos → Os Melhores Contos Eróticos e Sexo (2021) Todos os direitos reservados.