Fudendo no estacionamento da faculdade

3 votes

Uma gatinha relata como acabou fudendo no estacionamento com um colega

Me chamo Erica e vou contar um relato real de como acabei fudendo no estacionamento da faculdade onde estudo. Eu sou louca por sexo, sempre gostei de uma boa putaria e modéstia à parte, sou uma mulher bonita, com um corpo bem feito, esculpido em 7 anos de academia, mas nada exagerado, sou muito feminina, tenho seios grandes, coxas grossas bem torneadas, bunda grande e uma barriga lisinha. Eu sou estudante do 6º período de direito e quando chega nessa fase a gente sabe que é dureza!

São inúmeros trabalhos para entregar, estágio, fica difícil. Eu já andava meio irritada e carente de sexo. Tava a um bom tempo sem dar uma boa trepada, desde que eu tinha terminado meu namoro de 1 ano. Eu sempre chegava mais cedo na faculdade para poder estudar na biblioteca, que é mais sossegado do que minha casa, pra fazer isso tudo. Bom, assim que entrei na faculdade, cruzei com o Igor, um cara muito gostoso que minhas amigas pagam o maior pau. O homem é lindo, alto, sarado, cabelos loiros espetadinhos, uma barba por fazer e olhos azuis. Ele é gaúcho e veio pra cá estudar.

Toda vez que eu via esse homem me dava muito tesão. Em uma dessas vezes Não aguentei, ficava fantasiando com ele, fui ao banheiro da biblioteca, sentei no apoio de mão e comecei a me tocar. Fui descendo as mãos pelos meus seios, barriga e cheguei na bucetinha. Eu tava bem molhadinha, ficava imaginando as mãos dele em mim, aquele sorriso safado dele, e queria muito saber como era a pica dessse gostoso, ficava fantasiando com ele metendo ela inteira em mim, e assim, comecei a tocar uma siririca bem gostosa, me masturbei, estimulei meu grelinho, que tava bem inchado de vontade de dar. Acabei introduzindo dois dedos lá dentro e acabei gozando bem gostoso.

A cada dia eu ficava mais a fim desse cara, mas ele tinha namorada, então não queria ficar com fama de puta na faculdade e nunca dei em cima dele, mas era sempre bem educada e sorridente pra ver se ele notava meu interesse. Teve um dia que rolou horário vago, já que no terceiro horário ia ter uma palestra de um advogado bem famoso, e tava todo mundo esperando por isso. Estacionei meu carro numa área mais isolada do estacionamento, por falta de vagas mais na frente, perto do meu bloco. Fiquei ali sentada mexendo no celular, comecei a ver uns nudes que eu tinha recebido de um cara, e comecei a tocar uma siririca ali mesmo, eu realmente andava subindo pelas paredes.

Olhei para os lados, não vi ninguém, comecei a estimular meu grelinho. De repente, olha quem aparece. O Igor, ele tinha me visto pelo parabrisa e notei um olhar meio sem jeito e ao mesmo tempo curioso. Ele bateu no vidro, ajeitei a roupa super constrangida e fui falar com ele.

-Oi Igor, tudo bem? não te vi aí.

-Huuummm, claro que você não me viu, né gatinha? você tava muito concentrada brincando aí.

Eu corei, fiquei com vergonha mas ele me disse pra ficar relaxada, que tinha achado uma delícia ter me pego no flagra e perguntou porque eu não chamei ele pra ajudar, bem assim mesmo, na maior cara de pau. Ele entrou pela porta do passageiro, sentou ao meu lado, sorriu e começou a passar a mão na minha coxa. Eu me arrepiei todinha com esse contato. As mãos grossas dele passearam pelas minhas pernas e foram subindo pra Minha Bucetinha, que já tava bem molhada.

-Você tá toda molhadinha né safada? só tava esperando por mim pra te comer gostoso.

Eu percebi um volume imenso na calça dele de moletom que ele usava naquele dia. Ele colocou o pau pra fora e me pediu um boquete gostoso. Eu cai de boca, dei uma bela chupada no cacetão grosso e veiudo dele, me acabei de tanto pagar boquete, fiquei com a boca dormente de tanto que chupei o pau e as bolas do safado. Ele gemeu gostoso, aquele gemido de macho, urrando de tesão e movendo o quadril para a pica dele alcançar minha boca todinha. Depois de deixar o pau dele duro feito rocha de tanto que chupei, ele falou que queria me comer.

Ele tirou uma camisinha da carteira, colocou naquele pauzão grosso e baixou os bancos do carro pra ficar mais confortável. Eu acabei colocando no parabrisas um parasol na frente pra ninguém ver, já que o resto dos vidros eram fumê bem escuro e dificilmente alguém veria. Deixei o carro ligado no ar e a gente ficou se pegando gostoso. Minha mão tocando punheta pra ele e a mão dele uma siririca pra mim, enquanto a gente se beijava bem gostosinho.

Ele tava muito tarado e eu também, tudo que eu queria era dar pra esse homem gostoso e safado. Cada toque dele no meu corpo me deixava louca, com o maior tesão. Ele me deitou no banco de trás, se abaixou e começou a beijar minha barriga, minhas coxas, eu me arrepiava todinha, minha buceta tava latejando e doendo de tanto tesão, queria sentir ele penetrando fundo, me comendo igual uma vadia, queria ser dele.

Ele caiu de boca na minha buceta, começou a pincelar a língua de leve, me fez ficar louca, perder o juízo e rebolar gostoso na sua boca gulosa. A língua do safado penetrava na minha buceta e saia só pra lamber meu pinguelo. Isso me fez gemer e colocar uma das mãos na boca porque eu tava descontrolada já, ele me chupou muito, mas muito gostoso mesmo, eu acabei gozando na boca dele mais rápido do que imaginei. Depois de gozar fiquei super ofegante, o peito arfando e ele me beijando na boca e passando a mão pelo meu corpo, que tava tão sensível, que qualquer toque dele me fazia dar tremidinhas.

Ele então subiu em cima de mim, senti seu pau roçando na minha buceta, a gente ficou assim se esfregando bem gostoso, roçando pra valer, fiquei mais molhada ainda. Pedi pra ele parar de me torturar, eu já não aguentava mais, era muito gostoso. Abri mais as pernas pra ele entender o recado e ele penetrou o pau grande e grosso bem fundo em mim, atolando tudo na minha buceta.

-Huuuuummmm que delícia essa pica! me fode com esse pauzão gostoso vai!

Ele fazia o que eu pedia, metia aquela pica com força, a gente tava com tanto tesão que perdemos completamente a vergonha, metemos tanto que o carro começou a balançar e a gente nem deu atenção, o importante era aquela putaria gostosa que tava rolando entre nós dois. Ele me chamava de putinha, de safada e falava o tempo todo que minha buceta era a mais apertadinha e gostosa que ele tinha comido.

-Fica de quatro agora, é mais gostoso te comer assim…

Fiquei de quatro, ele passou os dedos no Meu Cuzinho e na minha bucetinha. Ficou só brincando com a frente e atrás, tudo pra me provocar. Encaixou o pau de novo e iniciou aquele vai e vem gostoso. O pau dele cabia direitinho na minha buceta, eu apertava ela todinha com ele lá dentro, só pra deixar ele louco. Foi muito, mas muito gostoso mesmo, ele gozou gostoso depois de umas bombadas, e eu acabei gozando novamente também. Tirei a camisinha só pra lamber aquela pica toda lambuzada de porra. A gente se ajeitou, demos um tempo conversando e fomos pra aula. Foi uma loucura, mas eu adoro essas aventuras.

Posts relacionados

Pegando um bronze ADS Pegando um bronze
Para Os Sacanas, todo dia é dia de sol... Dona Maria e Aninha pegando um bronze e Carlinhos só de olhos nas duas de topless...
Arrombando o cu do meu filho viadinho Arrombando o cu do meu filho viadinho
Arrombando o cu do meu filho viadinho Eu sou o Rafael, tenho 42 anos, sou hétero e tenho um filho viadinho de 19 anos que tem...
Nossa primeira aventura na praia Nossa primeira aventura na praia
Conto Heterossexual: Nossa primeira aventura na praia Olá, esta é a primeira vez que resolvo relatar um conto, espero que...
Fiquei bêbado na calourada e os caras me comeram Fiquei bêbado na calourada e os caras me comeram
Conto Gay: Fiquei bêbado na calourada e os caras me comeram Oi, me chamo Hugo, tenho 22 anos e vou contar um relato curtinho...
A mãe tarada e o filho nerd ADS A mãe tarada e o filho nerd
A mamãe tarada e o filho nerd, num bom conto erótico em formato de quadrinhos, onde como pode ver, a mamãe não vai liberar a piroca do filho e cair de boca...
Vídeos de Sexo Anal e Porno Grátis ADS Vídeos de Sexo Anal e Porno Grátis
Porno com Mulheres dando o cuzinho no melhor do sexo anal grátis com safadas fudendo muito na pica dos seus machos.
Dando o cuzinho Dando o cuzinho
Olá meu nome é Clarisse(*), tenho 30 anos, sou morena e baixinha de bumbum grande, seios pequenos e coxas bem grossa. Sou...
Fiz sexo com um pai e filho Fiz sexo com um pai e filho
Anos após minha iniciação sexual gay, em minhas buscas por prazer intenso com outros machos, conheci um homem que perguntou se...
Liberei a buceta para o meu patrão Liberei a buceta para o meu patrão
Conto de Empregada: Liberei a buceta para o meu patrão Liberei a buceta para o meu patrão. Vou contar uma história que...
Comendo Minha Mãe Comendo Minha Mãe
Conto de Incesto: Comendo Minha Mãe Vou contar a experiência do dia, que, quando menos esperei, estava comendo minha mãe!...
Professor comeu a colegial gostosa de 18 anos Professor comeu a colegial gostosa de 18 anos
Professor safado passou a vara na aluna Como professor do colegial, sempre fui o mais profissional possível com meus...
Minha esposa me traiu e aproveitei para realizar minha fantasia Minha esposa me traiu e aproveitei para realizar minha fantasia
Olá, meu nome é Caio(*) e sou casado com a Amália (*). Eu 30 anos e ela 33, loira, bunda normal, cintura fina uma delícia. ...

(2) Comentário(s)

  • Mari - Criado em 06/01/2020 Tô com minha bucetinha molhada
  • Juca - Criado em 05/10/2019 Que conto gostoso,tbm amo uma boa putaria me chama

Deixe seu comentário

Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet brasileira. Um enorme acervo de temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais contos de sexo! Quer contribuir? ENVIE SEU CONTO. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em Contato que removeremos imediatamente.

porno - xvideos - contos eroticos - contos erótico - hentai - quadrinhos eroticos - porno amador - porno brasil - Acompanhantes BH

© 2014 - 2020 - Contos Eróticos → Os Melhores Contos Eróticos e Sexo (2020) Todos os direitos reservados.