Conto de Coroa: Fodendo minha vizinha casada

Fodendo minha vizinha casada. Olá pessoal, me chamo Guto, tenho 1,80, moreno, corpo atlético, gosto de academia e de me cuidar, tenho uma namorada a 5 anos, hoje tenho 22 anos e o que vou contar rolou em 2017, bem no meio do ano com a minha vizinha Carla.

Eu sempre morei na mesma rua, desde criança e a Carla deve ser uns 20 e poucos anos mais velha do que eu, ela é casada com um cara que trabalha embarcado e vive fora, tem dois filhos que já fazem faculdade, mas ela é o tesão de todos os caras da rua. A mulher tem uns 40 anos mas nem de longe parece, ela é uma milf gostosa do cacete e toda vez que ela passa a gente ficava babando.

Meus amigos sempre comentavam da vontade de comer ela, mas eu não via ela dar ousadia pra ninguém, era sempre bem séria, apesar das roupas sensuais que ela usava. As vezes ela tava com uma calça jeans bem apertadinha que deixava seu bumbum empinado todo marcado e eu claro, me acabava na punheta pensando nela de todos os jeitos safados possíveis.

Uma vez voltei suado da academia e tirei a camiseta na rua e como eu morava na casa ao lado da dela, ela tava na porta varrendo e notei que ela me olhou com uma cara de safada, descendo os olhos de cima a baixo. Eu fiquei me achando claro, e dei boa noite pra ela e conversamos um pouco, mas um dia a oportunidade de ficar mais próximo da Carla chegou.

Ela tava sozinha em casa uma vez e me pediu pra trocar a TV da sala para o quarto dela porque tinha comprado uma nova e como a TV era grande, eu fui lá pegar porque os filhos dela estavam na faculdade. Cheguei lá peguei a TV e levei para o quarto dela, depois instalei a nova e fiquei bem cansado no processo. Ela me ofereceu um suco e me mandou sentar no sofá pra gente conversar.

Ficamos num papo animado mas o tempo todo ela me olhava com uma cara de safada, parecia que ela é quem ia me comer com os olhos. Eu aproveitei o momento e fiz um elogio, ela devolveu falando que eu tava com um corpo bonito, que a academia tava me fazendo muito bem e logo ela deu uma cruzada de pernas que deixou meu pau duro no ato.

Ela percebeu meu tesão, levantou do sofá e foi andando em direção ao quarto dela, mas antes ela fingiu que ia ajeitar o vestidinho que tava usando e pude ver claramente que ela tava sem calcinha. Eu fiquei doido, resolvi seguir ela até o quarto e ela já tava deitada na cama falando que achou que eu não iria até lá.

Ela deu mole e eu aproveitei

Eu cheguei perto dela, comecei a passar a mão nos peitos dela, com medo dela dar para trás e mandar eu parar, mas ela só olhou pra mim com cara de safada e começou a gemer gostoso. Os peitos dela são enormes, eu me acabei ali e queria mais, então comecei a chupar os peitões dela que já estavam com seus bicos rosadinhos bem durinhos de tesão.

Continuei lambendo os peitos dela, agarrei a safada sem aguentar mais e enfiei minha pica na boca dela. Eu tava tão afim que ela quase se engasga mas ela ficou louca, começou a lamber meu pau, chupava a cabeça, lambia minhas bolas e eu passava a mão na buceta gostosa dela, que tava toda lisinha e molhada pra caralho.

Comecei a masturbar a safada e ela se contorceu todinha, gemia, mandava eu não parar e eu ali doido pra meter nela, mas antes fui provar o melzinho da sua buceta e comecei a chupar ela todinha. Uma delícia aquela bucetinha toda babada na minha língua, eu não queria parar de chupar mas ela disse logo na lata que queria sentir meu pau na buceta dela, então ela abriu uma gaveta na cômoda, tirou uma camisinha e colocou no meu cacete.

Eu fui descendo beijando ela todinha, até chegar na sua bucetinha, dei mais uma lambidinha, deixei ela mais molhada e fui enfiando meu pau todinho, eu meti gostoso bem devagar e comecei a fazer aquele movimento de vai e vem enquanto ela rebolava igual uma louca pedindo pra eu fuder ela toda, depois de ouvir ela gemendo igual uma putinha eu soube que podia acelerar o ritmo.

Comecei a bombar com força bem gostoso, ela gemia cada vez mais gostoso e falava pra eu continuar daquele jeito, então continuei metendo forte, meu pau entrava até o talo, só faltava o meu saco entrar na buceta dela. Eu tava suado pra caralho e ela também mas tava uma delícia sentir sua buceta apertando meu pau e os peitos dela balançando a cada metida que eu dava.
vizinha casada
Ela tava feito louca, aí eu mandei ela virar de quatro porque meu sonho era fuder essa mulher nessa posição. Ela virou a bunda pra mim, me olhou com cara de safada, empinou o rabinho pra mim e eu passei a língua da sua buceta até seu cuzinho e deixei ela toda arrepiada. Eu tava quase explodindo de tesão e quando ela ficou de quatro soquei meu pau sem dó, meti fundo segurando ela pela cintura e fiz ela gemer gostoso pra caralho.

Ela parecia uma atriz pornô, rebolava, gemia gostoso e alto, pedia mais, mandava eu puxar os cabelos dela e eu não aguentei muito tempo, gozei gostoso pra caralho, enchi a camisinha de porra. Foi uma delícia! Masturbei um pouco a safada pra ela gozar também e logo ela tava gozando nos meus dedos e na minha língua. Ficamos suados, mortos de cansados e fomos tomar um banho juntos e fui logo embora antes que os filhos dela chegassem.

Continuo passando na casa dela depois da academia pra repetir essa sacanagem gostosa, claro que não todo dia pra ninguém desconfiar, mas acabei viciando na minha vizinha coroa e fico louco se não comer essa gostosa pelo menos uma vez por semana.

Categorias:

Coroa