Fiz o meu cunhado gay me comer gostoso

Cunhado gay virou macho rapidinho

Olá pessoal, amo contos eróticos, tenho um cunhado gay que se chama Douglas, ele é lindo, alto, malhado, loirinho e namora com meu irmão Paulo a mais ou menos 2 anos. Eu sou a Suzy, tenho 25 anos, estudante de enfermagem, morena, cabelos negros, coxas grossas, bunda grande e bem feitinha, sem nenhuma celulite ou estria e olhos claros. O meu irmão sempre foi super afeminado, sempre trouxe os namoradinhos dele aqui em casa e meus pais sempre foram muito de boa. Pelo jeito do meu irmão e dos caras que ele namora, eu já sabia desde o início que ele era super passivo.

Eu nunca tive interesse em nenhum namorado do meu irmão, achava todos fúteis e Barbies de academia, mas com o Douglas foi bem diferente, era lindo, educado, divertido, se fosse hétero eu diria que nós dois somos almas gêmeas (kkk), mas como meu irmão era louco por ele, eu comecei a tentar mentir pra mim mesma, que não sentia interesse por ele nem nada. Eu e o Paulo sempre fomos muito íntimos e um dia ele voltou de madrugada pra casa e veio para o meu quarto bater papo quando viu que eu tava acordava.

-Menina, eu tô aqui sem aguentar! O Douglas é insasciável, você acredita que a gente saiu da balada, eu já morto de tanto beber, ele me comeu no carro depois ainda me levou no motel?

-Sério maninho? nossa! você encontrou o homem perfeito mesmo, não sabia que o Douglas era assim, com aquela cara de certinho.

-IIIhhh menina, é só a cara, ali é um safado, e tem um pau, que nossa! eu fico louco só de lembrar. O pau dele é tão grosso e grande, eu tô aqui todo arrombado kkkk.

Nossa, ele começou a narrar como o namorado pegou ele, colocou de quatro, de ladinho, fez ele chupar gostoso, gozou na boca dele e isso me deixou super curiosa, eu não conseguia mais ver o meu cunhado com os mesmos olhos. Eu sentia um tesão absurdo por ele, desse dia em diante parece que rolou uma mágica, eu me masturbava pensando nele, dormia e acordava pensando nele, ficava sem jeito por estar sendo sacana com meu irmão, mas cheguei a conclusão de que eu sou puta mesmo e toda putinha adora uma disputa.

A gente sempre saia nos fins de semana juntos com a galera, ou ficavamos em casa maratonando série bebendo. Meu irmão sentou do lado do meu cunhado, ele ficou no meio e eu na outra ponta do sofá. A gente maratonou vários episódios de game of thrones, até que meu irmão encheu a cara e dormiu ali mesmo no sofá. Eu tava bem altinha, não olhava mais para a TV, olhava para o pau do meu cunhado. Ele notou, achou estranho, ficou sem jeito mas desviou os olhos e disse:

-Acho melhor deixar seu irmão na cama, ele bebeu muito e sempre apaga.

-Tá certo! também tô cansada de ficar aqui no sofá, acho que vou terminar de assistir no meu quarto. Vamos terminar esse episódio lá?

-Tá ok, vou só deixar ele e vou! quer que eu pegue mais bebida na geladeira?

-Pega sim! te espero!

Disse a última frase e dei uma piscadinha sensual pra ele. Notei que ele riu meio nervoso e logo fui ao meu quarto, aproveitei que ele tava acomodando meu irmão e coloquei uma camisola sexy e confortável.

Alguns minutos depois ele entrou dizendo que não ia mais ver série, que tinha batido sono e ele só foi me avisar, mas senti que era mentira, ele tava nervoso em ficar sozinho comigo. Eu pedi pra ele entrar e com voz manhosa disse:

-Aaahh Douglas, você prometeu, e é só um episódio, vem! Depois deixo você em paz.

Ele disse ok e sentou comigo na cama. Abri mais uma Ice e comecei a beber, ele também bebeu e não desgrudava os olhos da tela e nem ficava relaxado. Ele tava super nervoso mas eu queria quebrar o gelo, não conseguia controlar a vontade de ficar perto dele. O homem é gostoso, cheiroso e lindo, de vez em quando eu dava uma olhadinha no seu pau e imaginava o tamanho que meu irmão dizia que tinha.

Fui chegando mais pertinho dele com a desculpa que tava frio. Me acomodei, deitei a cabeça em seu ombro, ele passou a mão no meu cabelo e ficou quietinho vendo TV. Não resisti me aproximei mais, cheirei seu pescoço, tentei beijar sua boca, ele deixou por uns instantes, mas quando agarrei seu pau ele teve um surto.

-Mulher, você tá louca? eu sou namorado do seu irmão!

Mas não adiantou falar nada, o pau dele tava duro assim que toquei e isso não dá pra disfarçar.

-Douglas, e esse seu pau duro aí? eu sei que você também quer, por isso fica tão nervoso perto de mim.

Ele se levantou para ir embora mas eu caí em cima dele e sentei bem em cima do seu pau. Ele tentou me segurar mas depois que eu comecei a roçar em cima dele, senti o volume crescer mais e sua resistência cair. Ele me puxou de forma violenta, beijou minha boca, trocou de lugar comigo, ficando por cima de mim. Ele era bem selvagem, me beijava toda, meu pescoço, mordia, deixava marca. Bem bruto, diferente do homem doce que ele era no dia a dia, mas isso tava mais gostoso do que pensei.

Correspondi aos beijos e carinhos dele, tirei sua camisa e comecei a beijar seu peitoral malhado e levemente peludinho. Notei que ele era sensível no mamilo e explorei mais essa região. Ele abriu o zíper da calça, colocou o pau pra fora numa pressa imensa e disse:

-É pica que você quer? eu vou te dar minha pica todinha, vou te arrombar toda pra você não me provocar mais.

Nossa, fiquei encharcada ouvindo isso, ele levantou minha camisola, tirou minha calcinha com violência, até rasgou, pegou aquele membro grande e grosso e enfiou de uma vez só na minha buceta. Eu me segurei pra não gemer alto quando ele começou a meter, tirava e botava bem forte e urrava de tesão me comendo.

-Buceta apertada da porra! mais apertadinha que o cu do seu irmão.

-Fode ela toda, deixa arrombada!

-Você sempre quis isso né? meu pau todo atolado na sua buceta, você é bem putinha e vou te comer como você merece.

Nossa, ele me comeu gostoso, socava aquela rola com tanta força que eu achava que ia me rasgar inteira de tanta pirocada.

-Geme baixo, você quer acordar seu irmão? aí eu não vou conseguir fazer você gozar gostoso…

Eu coloquei as mãos na boca, ele levantou, me colocou de frango assado, tirou sua calça toda e numa posição mais confortável me fudeu mais gostoso ainda, abriu bem as minhas pernas e começou a meter a vara.

-Tá toda molhada putinha, buceta deliciosa, caralho, desse jeito vou gozar tudo dentro dela porra!

Eu gemia gostoso, ele me botou de quatro e encaixou o pau, mas antes ele provocou bastante, só esfregando a cabecinha e me deixando doidinha, gemendo e implorando por mais. Ele então deu umas 3 metidas, tirou o pau e disse:

-Empina mais, deu uma vontade louca de chupar essa buceta linda.

Ele me chupou, foi gostoso demais, deu uma chupada tão gostosa na minha buceta que não aguentei essa língua dentro e gozei gostoso na boca dele. Ele me beijou com o gostinho dela depois de joelhos se aproximou da minha boca na cama e quase sentado na minha cara colocou sua pica grande na minha boca e me sufocou de tanto socar na minha boca.

-Isso, chupa meu pau! Você chupa muito bem sabia? boquinha gostosa.

Mamei muito na pica dele e logo ele tirou o pau e disse que queria gozar no meu cuzinho, aí eu de quatro de novo senti ele meter aquele membro grosso e rígido no meu rabinho. Nossa, gemi tanto, delirei, rebolei, levei tapa no rabo da mão grande dele e fiquei arrombada.

Logo senti seu leitinho quente de macho invadir meu ânus apertadinho, que depois de tanta pirocada tava bem arrombadinho. Ele tirou o pau e ainda me fez chupar sua pica toda melada de porra do meu cu. Eu como putinha obediente fiz tudinho o que ele pediu. Depois da transa ele se ajeitou e disse que ia para o quarto pra não ficar suspeito.

Eu passei a noite pensando nele mas tava tão arregaçada que nem consegui me masturbar, só deitei ainda com tesão de lembrar da nossa foda gostosa. Meu cunhadinho depois disse que é gay, adora homem mas que eu sou tão puta que ele não aguentou. Até agora a gente não teve oportunidade de transar de novo, mas sempre que posso dou uma provocada nele.

Posts relacionados

Arrombando o cu do meu filho viadinho Arrombando o cu do meu filho viadinho
Arrombando o cu do meu filho viadinho Eu sou o Rafael, tenho 42 anos, sou hétero e tenho um filho viadinho de 19 anos que tem o mesmo nome que eu. Me separei da mãe dele a muito tempo e...
Leia completo
Comendo Uma Travesti Loirinha Comendo Uma Travesti Loirinha
Quem leu o último conto da Mislena entendeu que passamos uma semana meio que se estranhando, e por isto partimos para aventuras independentes, tinha conhecido essa Travesti no cine...
Leia completo
Viajando Para o Rio de Janeiro Viajando Para o Rio de Janeiro
Conto de Incesto: Viajando Para o Rio de Janeiro Papai e mamãe se conheceram a muitos anos atrás e se apaixonaram, como fruto desse amor, nasceu meu irmão Marcos Paulo, depois de uns 8...
Leia completo
Fodendo minha cunhadinha virgem Fodendo minha cunhadinha virgem
Contos de Virgem: Fodendo minha cunhadinha virgem Fodendo minha cunhadinha virgem. Meu nome é Luiz, tenho 35 anos, sou casado a 6 anos com uma mulher muito bonita de 29 anos e tenho um...
Leia completo
Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet. Um enorme acervo com diversos temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais! Caso tenha alguma contribuição, nos envie seu conto através do nosso link ENVIE SEU CONTO. Diversos contos de nosso site são retirados de outros sites. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em contato que removeremos imediatamente.
Contos Eróticos BR© 2015 / 2019 - Contos Eróticos BR Todos os direitos reservados.