Eu casada que adoro uma putaria rasgada

Casada não resiste a uma putaria com negões

Eu sou uma mulher casada e adoro uma putaria bem gostosa, daquelas pesadonas. Me chamo Solange, tenho 33 anos e comecei a me sentir diferente. Casei novinha com o Roberto e não curti minha juventude, então com o tempo fiquei com cada vez mais vontade de aproveitar a vida, depois de 13 anos de casamento as coisas estavam bem mornas entre a gente, o sexo com meu marido nunca foi grandes coisas, e depois de um tempo só piorou. Me deu uma vontade gigante de trair ele com outros homens, como eu ficava a maior parte do tempo em casa, eu ficava o dia inteiro vendo pornografia na internet.

Eu comecei a curtir vídeos de negros dotados comendo mulheres casadas, o que é muito comum de se ver na internet hoje em dia, mas nem pensar em pedir ao meu marido que deixasse, o Beto é conservador e machista demais pra me aceitar com outros homens, então o que aconteceu foi que baixei aplicativos e comecei a frequentar sites de relacionamentos. Tirei várias fotos sensuais minhas sem mostrar o rosto, tirei dos meus peitos, da minha bunda, da minha bucetinha greluda toda depiladinha e resolvi colocar na descrição que eu tava procurando homens entre 25 e 45 anos para aventuras com uma casada.
uma putaria
Choveu de machos falando comigo, uns feios e outros bem gostosos. Eu acabei conhecendo o Pedro, um negão todo sarado que trabalha como personal trainer e adora uma boa sacanagem assim como eu. Começamos a trocar mensagens e fotos, ele mandou uma foto deliciosa da pica dele bem dura e eu fiquei louca de tesão, o cacete do negão é enorme, uma delícia, uma pica linda, grossa, veiuda e taluda, fiquei imaginando como seria gostoso cair de boca naquele pauzão guloso. Logo eu tava na webcam com ele me masturbando e falando sacanagem.

Nunca tinha feito sexo virtual maa achei bem excitante, fiquei ali com ele com as pernas bem abertas e uma lingerie sexy, enquanto ele tava de cueca com a rolona marcando toda bem dura. Fiquei doidinha, comecei a fazer tudo o que ele me pedia: – Massageia seus peitos gostosos. -Dizia ele, depois me mandou colocar dois dedos na minha buceta e abrir pra ele, eu fiz isso, abri minha buceta todinha e de quebra enfiei dois dedos e tirei pra ele ver como ela tava ensopada.

-Caralho, que buceta gostosa mulher, olha aqui como eu tô punhetando gostoso por causa desse seu bucetão gostoso do caralho. Vamos marcar um encontro minha loira, tô com vontade de provar sua buceta!
uma putaria

Não demorou nem 1 semana, aproveitei que meu marido é motorista de uma empresa e passa o dia inteiro fora, pra encontrar com o Pedro em um motel, daqueles simples mesmo, e lá a coisa pegou fogo. Já cheguei e senti a pegada do negão, ele começou a me beijar inteira, minha boca, meu pescoço, meus peitos gostosos, mamou, sugou, me deixou todinha arrepiada até que me fez ajoelhar, virar as mãos pra trás e chupar ele como uma boa cadelinha obediente. Eu me acabei, mamei aquele cacete como se fosse o picolé mais gostoso do mundo, cai de boca mesmo, senti bater fundo na minha boca e logo senti seu leite quente de macho bater na minha garganta, grosso, pegajoso, uma delícia, porra de um macho gostoso.

Depois de ter feito ele dar a primeira gozada, foi minha vez de deitar toda arreganhada e sentir a chupada gostosa desse negão na minha bucetinha. Ele tem uma língua enorme, uma delícia, senti ele metendo bem fundo na minha xota, delirei em sua boca, rebolei, me soltei, me empinei mais ainda e não aguentei muito tempo, senti que ia gozar e gozei gostoso pra caralho na boca dele. Foi ótimo ter começado assim nosso encontro, ficamos na cama trocando amassos gostosos e logo ele tava em cima de mim, eu de frango assado, levando pica. Senti o cacete dele entrar com força na minha buceta, rebolei embaixo dele, sentia aquele pauzão entrando e aquele sacão batendo e minha buceta tava até dolorida já de tesão e de assada com as metelanças desse negro gostoso, mas eu não queria parar.

Depois de me comer de quatro, ele gozou de novo e ficamos um tempo na cama conversando, ele falou sobre um amigo dele que adorava comer uma casada e papo vai papo vem, ele propôs que fizéssemos a três, claro que topei na hora. Fiquei o resto da semana ansiosa e pensando em como seria delicioso transar com outro cara também, mas precisava da oportunidade perfeita, meu marido não poderia desconfiar de nada, então combinei com uma amiga de falar sobre um fim de semana no sítio dela, encontro só das amigas, assim meu marido já saberia que não podia ir.
uma putaria
No dia marcado fiquei bem nervosinha, encontrei o Pedro e o amigo dele em um barzinho. O amigo dele se chama Junior, mais conhecido como Junior negão, disse que tinha namorada, mas adora uma aventura com mulheres casadas. Eu tomei uma cervejinha com eles pra relaxar, disse que nunca tinha feito algo do tipo mas os dois são tão maravilhosos que logo eu estava me sentindo muito a vontade. A gente partiu para o motel, dessa vez um motel melhorzinho. Eles pegaram bebida no frigobar, bebemos e ficamos ouvindo música, trocando beijos. Vi um pole dance, fui fazer um showzinho para os dois, que estavam sentados na cama.

Os dois levantaram, um atrás de mim, outro de frente, me agarraram, fizeram um verdadeiro sanduíche comigo. Senti a pica deles roçando em meu corpo, minha buceta deu sinal de vida, ficou bem molhadinha logo. Não aguentei quando o Pedro deitou na cama, me puxou pra sentar em cima dele e encaixou aquela rola na minha bucetinha. O outro safado encaixou no meu cu e pela primeira vez senti dois caras me comendo ao mesmo tempo, fiquei louca de tesão, senti os dois safados me pegando e me penetrando ao mesmo tempo, foi uma loucura, parecia que iam estourar minha buceta, foi uma meteção gostosa entre nós. Eu gemia, rebolava no cacete deles e ouvia todo tipo de putaria da boca dos safados.

Era puta, cachorra, vadia, gostosa, que estavam adorando fuder minha buceta, que iam me torar no meio, muita sacanagem que me deixou cheia de tesão. -Me fodam gostoso seus safados, adoro essas rolas me comendo, mete vai, é pra vocês comerem a putinha de vocês.

Meti com eles de tudo que foi jeito, acabei ganhando um banho de porra na hora que eles foram gozar, fiquei com a cara toda melada de gala quente e grossa de machos negros e isso foi a cereja do bolo. Depois disso, tive que voltar correndo pra casa, mas acabei curtindo muitas aventuras com eles e queria mais. Vou contar na segunda parte como me consolidei como uma verdadeira puta.

Posts relacionados

Minha amiga, minha amante Minha amiga, minha amante
Minha amiga, minha amante Meu nome é Lena e a história que passo a contar, aconteceu comigo recentemente. Primeiro devo dizer que sou casada, 49 anos, morena baixinha (1,50) coxas...
Leia completo
A mulher do patrão deu mole e eu comi mesmo A mulher do patrão deu mole e eu comi mesmo
Conto de Traição: A mulher do patrão deu mole e eu comi mesmo A mulher do patrão da empresa onde trabalho é muito gostosa e tem a maior cara de safada, assim que entrei na empresa...
Leia completo
Meu sogro me comeu quando meu marido saiu Meu sogro me comeu quando meu marido saiu
Conto de Traição: Meu sogro me comeu quando meu marido saiu Oi me chamo Ana Flávia, tenho 26 anos e namoro a 3 anos o João, um cara muito bacana, lindo, pauzudo e a gente se dá muito...
Leia completo
Troca de casais muito gostosa Troca de casais muito gostosa
Meu nome é Vanessa e vou contar sobre uma troca de casais muito gostosa que acabou rolando entre meu marido, eu e um casal de amigos dele. Meu marido se chama Hugo, tem 35 anos, eu tenho...
Leia completo
Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet. Um enorme acervo com diversos temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais! Caso tenha alguma contribuição, nos envie seu conto através do nosso link ENVIE SEU CONTO. Diversos contos de nosso site são retirados de outros sites. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em contato que removeremos imediatamente.
Contos Eróticos BR© 2015 / 2019 - Contos Eróticos BR Todos os direitos reservados.