Do tratamento dental ao anal inesquecível

1 vote

Acordei cedo, ou melhor, praticamente não dormi com uma puta dor de dente. Tenho 43 anos. Minha mulher tinha acabado de preparar nosso café da manhã e me disse: _ Se vc quiser posso marcar uma hora pra você no meu dentista. Respondi ok e pedi que fosse o mais cedo possível.

Tomei um analgésico e quando chegou a hora de ir ao dentista já estava um pouco melhor, com menos dor, por causa do medicamento. Me arrumei e parti pra consulta.

Cheguei ao consultório, um pouco antes da hora marcada e não tinha ninguém além da recepcionista que sorriu, perguntou meu nome e confirmou o horário e disse que logo o Dr. me atenderia. Sentei e peguei uma daquelas revistas antigas que sempre tem nesses ambientes. Cinco minutos depois fui chamado e entrei no consultório e um dentista absolutamente colossal, com um volume assustador no meio das pernas, digo isso agora claro, naquele momento não deixei transparecer nada disso, me recebeu.

Cuidados com os dentes e especialmente com meu cuzinho

Muito simpático ele apertou minha mão e perguntou sobre minha mulher, respondi e ele me mandou sentar naquela cadeira fatídica. Falei o que estava acontecendo desde a noite anterior e ele disse pra eu relaxar que ele resolveria meu problema. Mal sabia eu que ele pretendia resolver muitas outras coisa na minha vida. Ele se aproximou, mandou eu abrir a boca e examinou com cuidado, dizendo que meus dentes estavam excelentes. Disse que eu precisaria fazer um Raio x dos dentes pois certamente eu estava com problema no canal e logo eu teria problema em outro canal também, rsss.

Ele se levantou e chegou mais perto ainda, e senti seu cheiro pela primeira vez, e pela primeira vez na vida senti atração por outro homem. Sem querer, eu acho, ele encostou aquele volume enorme no meu braço, e fingi que nada estava acontecendo e senti que ele estava começando a aumentar. Me mexi, um pouco incomodado, mas ele se manteve firme e me olhando fundo nos olhos disse: Calma que logo você estará liberado. Eu tentei responde, mas com ele mexendo na minha boca ficou difícil.

Ele me perguntou. _ O que ? Eu disse: Tudo bem, não estou com pressa, faça o seu trabalho, faça o que você quiser. Não sei porque eu disse isso, mas disse, e ele entendeu de imediato, pois se chegou ainda mais e senti que seu pau estava bem duro.

Então ele pagou minha mão e levou até seu cacete enorme me fazendo pegá-lo e disse: _ Pode apertar com força e eu apertei, mas logo larguei e falei que não podia fazer isso, porque era casado e ele conhecia minha mulher. Então, pra minha surpresa, ele abriu o ziper da calça e pôs pra fora um cacete enorme, parecia um poste.

Fiquei hipnotizado, olhando aquele monstro tão próximo de mim, e ele foi vindo na minha direção e falando pra eu abrir a boca, e que eu seria sua mulher naquela tarde. Tentei resistir, mas eu simplesmente estava dominado e abocanhei e engoli tudo que pude daquele mastro delicioso. Chupei com vontade e depois de alguns minutos minha boca estava cheia daquela porra quente e grossa e eu engoli tudo.

Nunca imaginei que a essa altura da vida, eu estava, com 43 anos, uma coisa dessas pudesse acontecer comigo e ainda por cima, eu estava gostando e querendo mais.

Ele me tirou da cadeira, me abraçou pelas costas e começou a roçar seu pau na minha bundinha. Eu estava com um tesão incontrolável a essa altura e me virando, comecei a beijar aquele lindo na boca , no pescoço, no peito. Olhei pra ele e disse: Quero ser sua puta pro resto da vida. Já estávamos complemente pelados e ele me deitou no sofá de barriga pra baixo, mandou eu empinar a bundinha e começou a chupar meu cuzinho. Delirei de tesão, nunca tinha feito essas coisas e estava me realizando naquele momento, nas mãos daquele macho e me sentia sua mulher , sua puta.

Então ele mandou eu ficar de quatro e apontando aquele mastro pro meu botãozinho rosa, começou a forçar a entrada do meu cuzinho até então virgem. Meu pau estava duro que nem pedra e prestes a explodir. Então levantei e disse que queria sentar na sua rola e assim fiz. Sentei e fui rebolando e descendo devagar e sentindo aquela tora entrando e arrombando meu cú. Apesar da dor, eu estava feliz e o tesão incontrolável não me deixava parar e fui até o fim.

Ele se mexia gostoso, entrando e saindo cada vez mais rápido e num momento mágico, começou a gemer, a urrar e encheu meu cuzinho com sua porra deliciosa. Terminamos nossa tarde de sexo com um beijo delicioso, ele resolveu meu problema dental e me causou um problema anal, pois saí de lá com o cuzinho ardido e arrombado.

Cheguei em casa, e minha mulher percebeu algo diferente em mim e falou. Que houve, que ar de felicidade é esse na cara ? Eu disse: Seu dentista é maravilhoso, resolveu meu problema dental muito rápido e já combinamos um tratamento pra que isso não volte a acontecer.

De lá pra cá, toda semana eu faço uma visitinha pro meu dentista resolver meu problema no canal anal. Adoro dar o cuzinho pra ele e me sentir sua mulherzinha, sua putinha, sendo arrombada.

Posts relacionados

Troca troca para a vida toda: pau inesquecível do meu amigo Troca troca para a vida toda: pau inesquecível do meu amigo
Olá, tenho 44 anos, 1,69 de altura, pratico academia a 3 anos, me considero hétero, gosto de ir em festas, saio com mulheres,...

(0) Comentário(s)

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet brasileira. Um enorme acervo de temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais contos de sexo! Quer contribuir? ENVIE SEU CONTO. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em Contato que removeremos imediatamente.

porno - xvideos - contos eroticos - contos erótico - quadrinhos eroticos - porno amador - porno brasil

© 2014 - 2021 - Contos Eróticos → Os Melhores Contos Eróticos e Sexo (2021) Todos os direitos reservados.