Despedida de solteiro que acabou em sexo

1 vote

Fui contratada para a despedida de casado de um homem, o combinado era ter dança, toques e beijos, mas não transar, de jeito nenhum, pois a pessoa que me contratou não queria que houvesse traição, e pra eles traição era só transar, ter a penetração, então eu pensei, o sexo oral pode estar incluso, vou cobrar mais caro, e assim foi combinado, o sexo oral não está acertado, mas no valor sim, pois poderá ocorrer ou não, e fui pra o local, coloquei minha fantasia, era de garçonete, eles queriam que eu atendesse muito bem o cliente. Chegando lá eu já fui comida pelos olhos de todos aqueles homens, mas só um poderia me tocar, o noivo, eu fui com meu segurança, se alguém tentasse algo ele entraria;

Sexo na despedida de solteiro

Comecei dançando, fantasia curtíssima, sensual, e eu bem maliciosa, fazendo de tudo pra eles ficarem excitados, até que um deles disse:

– Vamos vendar o noivo pra nossa garçonete começar os atendimentos!

E assim foi feito, eu olhei pra ele antes de colocarem a venda, nos olhamos olho no olho, e que olho, o homem era lindo, forte, eu queria muito dar pra ele, aquele sim eu deixaria penetrar! E seguimos, o jogo começou, cada um dizia algo pra eu fazer, disseram:

– Quero um beijo no pescoço bem caliente…

Eu dei o beijo, senti o cheiro dele, era muito bom, perfume misturado com cheiro de macho que transa bem!

E aí outro disse:

– Agora quero uma sentada no colo dele com direito a uma roçadinha!

E eu fui, me sentei no colo e rocei, então senti o pau dele duro feito pedra, e enorme, nessa hora não pensei duas vezes, peguei as mãos dele e coloquei sobre minhas pernas, ele foi passando a mão e eu roçando, estava perfeito!

E foi a vez de outro amigo, ele falou:

– Tá tudo muito fácil, vou complicar um pouco, deixar mais emocionante, você pode tirar os seios pra fora e botar pra ele dar um chupadinha?

Não sei o que me deu, mas eu amei aquele desafio, eu já estava bem molhada e queria sentir mais e mais, então eu tirei minha blusa, fique de sutiã e disse:

– Que tal ele mesmo tirar meus seios, pegar e chupar?

Todos concordaram, e ele disse:

– Não esquecem que são vocês que estão fazendo os pedidos! ( Ele riu)

Nessa hora eu vi ele morder os lábios e segurar a rola, como se quisesse esconder o tamanho que já estava, mas não tinha como, e eu fui até ele, lá ele tirou meus seios, pegou bem neles e colocou na boca, fez como se estivesse mamando, e era com as mãos neles e chupando, eu amando, até que um deles disse:

– Quero mais quente, estou gostando de ver, agora ele vai meter a mão na sua buceta, pode ser?

E outro disse:

– Antes disso queremos ver ela mamando a rola dele, né melhor?

E todos concordaram, então fui mamar a rola, tirei a calça dele toda, no instante que estava tirando já dava pra ver o pênis ereto, todos se surpreenderam pelo tamanho, um deles disse:

– Quero ver você mamar essa cobra gigante! Kakakaka

Na verdade eu excitadíssima, e o que eu mais queria ela dar prazer a ele, tirei a pica da cueca e comecei a chupar, fui devagar, chupando a cabeça, depois desci pra o resto e fui aumentando a velocidade, ele começou a gemer, e um amigo mandou parar, senão ele iria gozar, e assim ficamos, ele de pau duro e eu de boca melada, aí outro falou:

– Agora ele pega na buceta dela, e eu fui até ele, ele meteu por baixo da sainha, eu me encostei nele e começou a passar o dedo, um deles disse:

– A buceta tá molhada?

Ele respondeu:

– Tá encharcada, deliciosa!

E outro disse:

– Meta os dedos!

E ele começou a meter os dedos, nossa, nessa hora eu comecei a gemer e eles pediram pra eu dizer o que estava sentindo, eu disse:

– Estou sentindo como se estivesse fudendo, ele é um homem bonito e gentil, tudo que ele fez até agora me excitou, ele tem cheiro de macho que sabe foder, e a cada toque que sinto fico quase pra gozar!

Quando terminei de falar isso ele tirou a venda, me puxou e me deu um beijo, ali na frente de todos, tinha um sofá ao lado, ele falou no meu ouvido:

– Posso meter em você?

E eu no calor da emoção respondi:

– Me coma aqui na frente deles, mas só quero você e ninguém mais!

Festinha acabou em putaria

Ele concordou, me jogou no sofá, foi me chupando em todos os lugares, chupou a minha buceta, e eu delirava de olhos fechados, quando abri os olhos eu vi os outros homens todos batendo punheta, nos olhando, e isso me deu mais tesão, sentei em cima dele e virei o cu pra os homens, assim eles não poderiam me tocar, mas poderia ver a rola entrando e saindo, e também ver meu cu, meus seios estavam de fora, minha bunda, eles tinham muito o que ver, e nós transando ali sem nenhum pudor, adorando o momento, até que gozamos, ele me abraçou e disse:

– Você está de sentido bem?

Eu disse que sim, que tinha sido uma das minhas melhores transas, e ele disse:

– Eu sei que transar não estava no esquema, então diga quanto foi a mais que eu pago!

E eu disse:

– Eu transei por que eu quis, me deu vontade, me senti desejada por você, eu sei que estou aqui sendo paga, mas o sexo não foi trabalho!

Quando eu disse aquilo, olhei bem nos olhos dele, e aí ele disse:

– Me dá seu número sem ninguém perceber, quero falar com você sem plateia!

Dei meu número a ele, e desde aquele dia até hoje, e olha que ele já casou, estávamos nos vendo, transando, fazendo sexo gostoso, e nada nos atrapalha, ninguém sabe, ninguém estraga!

(0) Comentário(s)

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet brasileira. Um enorme acervo de temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais contos de sexo! Quer contribuir? ENVIE SEU CONTO. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em Contato que removeremos imediatamente.

pornô - contos eroticos - contos erótico - quadrinhos eroticos - Filmes Porno - Mulheres Nuas - Porno Amador - Xvideos - Videos de Sexo - Videos Pornô Xvideos 10

© 2014 - 2024 - Contos Eróticos → Melhores Contos Eróticos e Sexo (2024) Todos os direitos reservados.