Atingi um orgasmo com meu “meio-irmão”

4 votes

Senti que precisava urgentemente compartilhar isto com o mundo, foi bom demais para mantermos apenas entre nós.

Não faz muito tempo que eu e ele começamos a “morar juntos”, não somos bem meio-irmãos pois nossos pais não estão em um relacionamento, apenas convivemos na mesma residência que a mãe dele alugou no andar de baixo, porém sempre nos tratamos como se fossemos realmente irmãos por mais que ele não gostasse de mim no começo.

Quando nos aproximamos, ele sempre me constrangia, chamava de pirralho, mesmo que eu tenha 19 e ele apenas 22 anos. Entretanto, eu não aguentava todo dia ter que ver aquelas coxas grossas, aquela bunda enorme, os lábios carnudos que com certeza faziam um boquete perfeito e não poder fazer absolutamente nada, infelizmente ele ainda tem certo apreço ao ex namorado fútil, babaca, egoísta e mentiroso que o traiu inúmeras vezes, porém ele ainda insiste que pode o mudar mesmo que não estejam mais em um relacionamento.

Porém vocês não estão aqui para ouvir problemas pessoais, então par encurtar a história: eu descobri através das melhores amigas dele, seus pontos fracos e é claro que comecei a usar contra o mesmo, é maravilhoso ver ele constrangido como fazia comigo, se derretia em minhas mãos por mais que ele negasse, me afastasse, empurrasse, brigasse, cada vez mais eu sentia vontade de parti-lo ao meio, se é que me entendem. Até que finalmente aconteceu, nós passamos a dormir na mesma cama faz algum tempo, ele sofre de insônia, ansiedade e pesadelos constantes por culpa do tal ex namorado e eu sou a pessoa que o acolhe.

Atingindo o orgasmo

Ele teve um dia péssimo, então se aconchegou em mim (algo que ele raramente fazia) e me abraçou, eu não conseguia mais me conter. Comecei a acariciar seu corpo, dedilhar cada parte daquele perfeito corpo, desde aquela cintura fina às coxas grossas que eu adoraria que me sufocassem. Ele é muito sensível em muitos pontos e eu sabia cada um deles. Assim que o escutei ofegante, estando tão óbvio que estava se segurando ao máximo pra não mexer a cintura contra a minha já que eu sentia ele a mexendo, eu não pude aguentar mais. Apertei com força aquela bunda e juntei minha virilha a dele, ele até me pediu para parar, mas como vou atender a um pedido entre gemidos e com um rosto tão safado.

Ele sempre teve a habilidade de me hipnotizar e me deixar excitado somente com aquele olhar penetrante que lançava sobre mim, eu sabia exatamente o que eles queriam dizer e com certeza não era que eu parasse. Ele tem certos fetiches em sons específicos e eu sempre me aproveitei disso, sussurrava rente ao ouvido dele, apenas o sentindo derreter todo para mim, apenas para mim.

Não demorou para ele já estar se contorcendo abaixo de mim na cama, nem mesmo tentava me afastar como sempre fazia, finalmente percebeu que eu não era o irmãozinho inocente que ele tanto insistia que eu era. E nossa, ele é uma putinha muito safada, gemia muito manhoso me chamando de gostoso, ele gosta de petplay então dizia ser um gatinho e que queria beber todo meu leitinho, cara eu estava tava duro feito pedra apenas com aquilo, ele é perfeito.

Começamos a simular sexo ainda por cima das nossas roupas de baixo, estávamos completamente ofegantes ao mesmo tempo que soávamos frio, pelo medo de sermos pegos a qualquer momento, porém isto parecia apenas dar mais tensão em ambos. Eu sabia que ele se culparia pelo ex namorado que mente ser uma nova pessoa, entretanto naquele momento, eu sabia que apenas tinha eu e meu pau nos pensamentos dele.

Nos beijamos, nós finalmente nos beijamos, um beijo tão intenso e molhado, mas não tão molhado quanto o pré-gozo nas nossas roupas de baixo. Ele implorava por mais, chamando meu nome, o meu nome, isto me deu gatilho para avançarmos um pouco mais, eu sabia que penetração estava fora de questão por ele ser virgem e eu realmente o respeito muito, por mais que seja difícil admitir eu sou completamente apaixonado por ele.

Me deitei atrás dele enquanto tirávamos nossas roupas de baixo, eu coloquei minha rola entre as coxas grossas dele, ela não é pequena, mas praticamente sumia em meio aquelas coxas. Elas são uma das regiões mais sensíveis dele e sabendo disso, comecei a fode-las como se estivesse estocando meu pau bem fundo naquele cuzinho bem apertado.

Ele é tão escandaloso, eu particularmente amo isso, fazia com que ele gemesse alto e manhoso, mas por mais que eu amasse ouvir, me vi na obrigação de tapar a boca dele o que pareceu o deixar com ainda mais tesão, esfregando as coxas na minha rola. Eu nunca me senti tão excitado na vida, eu estava em êxtase, jurando ser apenas mais um nos inúmeros sonhos eróticos que tenho com ele, demorou cair a ficha que aquilo tudo era real.

Ele gozou antes de mim e eu continuei fodendo aquelas coxas até que atingi meu primeiro orgasmo na vida, a porra de orgasmo só de foder as coxas gostosas do meu “meio-irmão”. Ao terminar tivemos que ser discretos ao trocar os lençóis e cobertores no meio da madrugada, além do banho que tomamos juntos para poupar tempo. Ele me encantava com desejo e eu retribuía isso, seu olhar era como se pedisse mais do meu pau, porém eu sabia que não podíamos arriscar ser pegos ali. Apenas nos beijamos, um beijo que alternava do lento ao desesperado, difícil de explicar algo tão intenso.

Voltamos a nos deitar e conversamos um pouco como gostávamos de fazer até pegarmos no sono. No dia seguinte, era como se nada tivesse acontecido, ele ainda me trata do mesmo jeito, mas eu ainda vou provar que quem vai mamar é ele.

(0) Comentário(s)

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet brasileira. Um enorme acervo de temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais contos de sexo! Quer contribuir? ENVIE SEU CONTO. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em Contato que removeremos imediatamente.

pornô - contos eroticos - contos erótico - quadrinhos eroticos - Filmes Porno - Mulheres Nuas - Porno Amador - Xvideos - Videos de Sexo - Videos Pornô Xvideos 10

© 2014 - 2024 - Contos Eróticos → Os Melhores Contos Eróticos e Sexo (2023) Todos os direitos reservados.