Comendo minha irmã e minha sobrinha

Por minha irmã estar morando só ela com Roberta sua filha pois meu cunhado resolveu ir para sua cidade natal para la tocar uma lanchonete e como minha irmã não quis acompanhar acabou ficando ela e sua filha Roberta, para não ficar sem fazer nada nossa mãe que e uma senhora de mais idade convidou a mesma para ficar em sua casa fazendo alguns serviços domésticos e assim o dinheiro que pagaria uma estranha daria para ela em troca do seu serviço.

Como ela tem seu apto no mesmo bloco onde moro sempre que precisa de fazer algo ela me chama e foi em um destes dias que Roberta por chegar cedo em casa do serviço notou que o fio que liga a geladeira na tomada estava solto e ai veio e me pediu se podia ir até la para arrumar o que pronta mente fui, Roberta e uma moça magra com um corpo esbelto mais uns par de seios grandes e sempre quando esta em casa usa uns shorts curtinho que deixando a mostras as poupinhas da sua bundinha para fora, sabe como e quem vê fica desejando comer aquela bundinha e chupar aqueles melão que deve ser deliciosos, e por mais que sou seu tio não sou diferente dos de mais, mais fico na minha, mais neste dia não me aguentei e quando la cheguei e ao me ver só com Roberta não aguentei e lhe falei Ró sabe que você e muito gostosa e provoca tesão nos homens quando você coloca estes seus shortinhos.

Ai Roberta me perguntou e no senhor tio o que lhe provoco ai lhe falei o mesmo tipo de reação que provoca nos outros sua bobinha pois não sou diferente sabia não porque sou seu tio, pois já me peguei me masturbando pensando em você, ai Roberta me olho e me falou seu taradinho não perdoa nem a suas sobrinhas em, ai lhe falei quem manda vocês serem gostosa sou velho mais não estou morto linda, enquanto arrumava o fio Roberta foi para seu quarto e assim que viu que tinha dito que estava pronto a mesma me chamou até o quarto e ao entrar vi aquela menina moça deita na cama nua e me dizendo que acha me vendo nua agora tio lhe falei que linda que coisa maravilhosa e quando vi aquela bocetinha depilada me dando impressão que era de uma guria nova não vacilei cai de boca e Roberta pondo as pernas em meus ombros me dizia vai titio faz sua sobrinha gozar faz, nossa chupei gostoso que senti seu gozo escorrendo em minha boca que delicia.

Depois que mamei em sua boceta foi a vez de Roberta retribuir me chupando e quando viu o meu cacete me falou nossa tio como a tia aguenta este seu cacete em sua boceta, pois a do meu pai e menor que a sua e já minha mãe lhe dizer para ir de vagar para não machucar ela, imagina se ver a do senhor ai ela morre, mais ai lhe falei e você gostou o que mamando balançou a cabeça dizendo que sim, depois de me fazer gozar em sua boca e beber tudinho me falou sempre me vi na pica do meu pai mais sabe como o mesmo e muito puritano com a gente aqui em casa pois na rua come todas que lhe da bola, pra o senhor ter uma ideia o dia que o vi de cacete duro cheguei a gozar só vendo que passei mal que desmaiei e deixei todos preocupada aqui em casa achando que eu estava com alguma doença que minha mãe chegou a me levar ao medico e como foi um medica que me atendeu contei o que tinha me acontecido só não falei que foi porque vi meu pai nu de pica dura e sim um vizinho o que a mesma riu e me falou para me controlar e quando for ao banheiro ou me deitar bater uma siririca para descarregar um pouco, mais minha vontade era tanta em ter uma pica dentro de mim que assim que arrumei um namorada no segundo dia deixei ele me tirar o meu cabaço olha que estava com 18 anos e o mesmo com 22 anos e lhe falei que se algo acontecesse não iria cobrar nada dele o que foi gostoso a nossa primeira vez que passamos a fazer sexo toda as vezes que ficávamos a só seja em casa ou em algum lugar, pois para facilitar andava sem calcinhas para podermos fazer sexo onde estávamos e nos desce vontade.

Mais voltando a nos dois depois desta conversa coloquei Roberta de quatro e antes de meter minha pica em sua boceta dei uma chupada tanto em sua boceta como no seu cuzinho tirando gemidos e me dizendo nosso me arrepiei todo com esta seu jeito de fazer as coisas tio, e assim ficando de joelho direccionei minha pica para entrada de sua boceta e fui penetrando onde Roberta me dizia vai meu tio gostoso mete na sua sobrinha vadia que adora dar e sentir uma pica gostosa dentro dela e rebolava gostoso na minha pica e inconsciente me chamava pelo nome do seu pai pedindo para gozar na sua filhinha o que me deixava com mais tesão, nossa aquele fim de tarde foi de mais pois tive Roberta de todo jeito, e como estava gostoso não vimos a hora passar e como minha irmã chegar e quando nos viu ali no quarto ficou da porta olhando e se masturbando pois também já vinha a um bom tempo sem ter uma pica dentro de sua boceta, quando me virei e vi minha irmã se masturbando e gemendo pedi para Roberta olhar e qual foi minha surpresa quando a mesma falou vem mãe experimenta a pica do tio e vai ver como e gostosa olha só e maior do que a do papai viu mais a senhora aguenta e minha irmã sem falar nada ficou nua e dizia venha meu irmão me fode me faz gozar faz ai tive que comer minha irmã ali no quarto da sua filha e com Roberta fazendo carinho nela e dizendo goza minha coroa deixa tudo este seu tesão sair para fora deixa, nossa quando sai dali estava acabado pois alem de fazer sexo com um garota fazer com minha irmã que apesar da sua idade ainda tinha lenha para queimar e daquele dia em diante passei a ser amante da minha sobrinha e da minha irmã, e como minha irmão tinha minha mãe como sua confidente passei a comer minha mãe também o que adorei a ideia pois sempre quis comer minha mãe desdos meus tempo de menina adorava ver minha mãe nua, mais isto e outra historia que voltarei e relatarei para vocês.

ph2cto600 ph1cto600

Leave a Reply

Your email address will not be published.